«Através da violência pode matar um assassino, mas não o assassinato.

Através da violência pode matar um mentiroso, mas não a mentira.

Através da violência pode matar uma pessoa odiosa, mas não o ódio.

A ESCURIDÃO NÃO PODE EXTINGUIR A ESCURIDÃO. SÓ A LUZ O PODE FAZER.»

MARTIN LUTHER KING




sábado, 17 de agosto de 2013

EIS UM ESCRITOR QUE NÃO SINTONIZA NA ONDA DO POSITIVISMO, QUE PERPASSA POR AQUI E NO ENTANTO É UM ESCRITOR QUE EU ADMIRO. É FRONTAL E SINCERO E HÁ VIDAS E VIDAS!

Henry Charles Bukowski Jr, nascido Heinrich Karl Bukowski Andernach, (16 de Agosto de 1920 – Los Angeles, 9 de Março de 1994) poeta,contista e romancista. A sua obra de carácter rebelde e obsceno, fascinou gerações que buscavam uma obra com a qual se pudessem identificar.




Tenho lido a sua poesia e tb li o seu livro autobiográfico «Pão com Fiambre», onde se debruça sobre os seus primeiros anos, a rejeição dos outros por ser muito feio, a vivência com os pais, as suas bebedeiras. 

Conforme diz:

"Eu não tinha interesses. Eu não tinha interesses por nada. Não fazia a mínima ideia de como iria escapar. Os outros, ao menos, tinham algum gosto pela vida. Pareciam entender algo que me era inacessível. Talvez eu fosse retardado. Era possível. Frequentemente me sentia inferior. Queria apenas encontrar um jeito de me afastar de todo mundo. Mas não havia lugar para ir.






"Talvez a miséria tenha chegado. Não se pode viver da própria alma. Não se pode pagar o aluguer com a alma. Experimente fazer isso um dia. É o início do Declínio e a Queda do Ocidente, como Splenger dizia. Todo mundo é tão ganancioso e decadente, a decomposição realmente começou. Eles matam gente aos milhões nas guerras e dão medalhas por isso. Metade das pessoas deste mundo vai morrer de fome enquanto a gente fica por aí sentado vendo TV."

"Não é morrer que é ruim, é estar perdido que é ruim."

"Às vezes, sinto-me como se estivéssemos todos presos num filme. Sabemos nossas falas, onde caminhar, como actuar, só que não há uma câmara. No entanto, não conseguimos sair do filme. E é um filme ruim."

"O génio talento é a capacidade de dizer coisas profundas de maneira simples."

"Bem, todos morrem um dia, é simples matemática. Nada de novo. A espera é que é um problema."

"Esse é o problema de ser escritor, o problema principal - ócio, ócio demais. A gente tem de esperar que a coisa cresça até poder escrever, e enquanto espera fica doido, e enquanto fica doido bebe, e quanto mais bêbado mais doido fica. Não há nada de glorioso na vida de um escritor nem na vida de um bebedor."

"Pode mudar a si mesmo para ser aceitável, mas talvez isso também esteja errado. Talvez pensemos demais. Sinta mais, pense menos."

" As horas são longas e têm de ser preenchidas de algum modo até nossa morte. E simplesmente não há muita glória e sensação para ajudar. Tudo logo se torna chato e mortal. Acordamos pela manhã, jogamos o pé para fora da cama e pensamos 'ah, merda, e agora?'"

"É tão fácil ser poeta, e tão difícil ser homem."




1 comentário:

as-nunes disse...

Gostei.

Então aquela frase encaixilhada é soberba.