«Através da violência pode matar um assassino, mas não o assassinato.

Através da violência pode matar um mentiroso, mas não a mentira.

Através da violência pode matar uma pessoa odiosa, mas não o ódio.

A ESCURIDÃO NÃO PODE EXTINGUIR A ESCURIDÃO. SÓ A LUZ O PODE FAZER.»

MARTIN LUTHER KING




terça-feira, 7 de maio de 2013

A SAGRAÇÃO DA PRIMAVERA - STRAVISNKI


Sagração da Primavera de Igor Stravinsky, é de facto uma obra arrasadora, tive o privilégio de a ouvir há bem pouco tempo na Casa da Música, mas esta obra é realmente uma peça que já ouvi muitas vezes e que posso ouvir a qualquer momento em casa.
De destacar, pelo interesse, comoção e revelação que me suscitou , o trabalho, com direcção artística de Sam Mason e Tim Steiner, interpretado por um grupo de reclusas do estabelecimento prisional de Santa Cruz do Bispo, trabalho que vinha a ser elaborado desde Janeiro, inspirado na «Sagração da Primavera».  A sua entrega e a sua alegria, representou uma partilha de emoções fortes!
O responsável, da Casa da Música, Jorge Prendas, diz e eu subscrevo completamente: «As prisões não devem ser uma casa de penitência mas sim de renovação. É um espaço dedicado às oportunidades».

Um pequeno excerto de «Sagração da Primavera», Pela Companhia de Olga Roriz, porque se trata realmente de um bailado escrito por Stravinsky, por encomenda de Sergei Diaguilev, para os   «Ballets Russes». 


2 comentários:

Mary Brown disse...

Devia ser um espaço dedicado à renovação mas não é assim. Se nós, que estamos em liberdade, sentimos que o estado não se preocupa com o nível de vida que temos na prisão o desprezo é ainda maior. Beijinhos

Manuela Freitas disse...

Realmente só pontualmente é feita alguma actividade, mas como isto dá entusiasmo a quem faz e é extensivo a quem vê!
Beijos