«Através da violência pode matar um assassino, mas não o assassinato.

Através da violência pode matar um mentiroso, mas não a mentira.

Através da violência pode matar uma pessoa odiosa, mas não o ódio.

A ESCURIDÃO NÃO PODE EXTINGUIR A ESCURIDÃO. SÓ A LUZ O PODE FAZER.»

MARTIN LUTHER KING




sexta-feira, 11 de maio de 2012

MORREU O PINISTA E COMPOSITOR BERNARDO SASSETTI - INQUALIFICÁVEL TRISTEZA!

Morreu Bernardo Sassetti, confirmou ao DN fonte da sua editora, a Clean Feed. Segundo a mesma fonte o pianista caiu de uma falésia no Guincho. Por motivos de saúde, Sassetti cancelou recentemente um espectáculo na Culturgest. Em novembro de 1997 gravou "What Love is", acompanhado pela Orquestra Filarmónica de Londres e tendo como convidado especial Sting. Bernardo Sassetti era casado com a atriz Beatriz Batarda de quem teve duas filhas. Era bisneto de Sidónio Pais, Presidente da I República. O pianista foi um dos músicos mais ativos a compor música para a sétima arte em Portugal, sendo da sua autoria bandas sonoras de filmes como Alice, de Marcos Martins, Um Amor de Perdição, de Mário Barroso, ou Second Life, de Alexandre Valente. Enquanto viveu em Londres participou também na longa-metragem O Talentoso Mr. Ripley, de Anthony Minghella.



4 comentários:

as-nunes disse...

Ouvi a música até ao fim, religiosamente...

Que a fantástica música que compôs e interpretou em vida o acompanhe para todo o sempre.
Nós, os que ainda cá ficamos materializados à face da terra, iremos continuar a ouvir e ouvir aqueles acordes de piano que só Bernardo Sassetti nos proporcionava, com o seu fulgor e dedicação à música e ao piano.

Paz,pode sentir-se, ao ouvir esta sentida peça musical!

✿ chica disse...

Tão triste quando essas perdas acontecem.beijos,lindo fds!chica

manuel marques disse...

P país ficou mais pobre.Paz á sua alma.

Beijo meu.

Duarte disse...

Uma grande perda.
Génios assim tinham que possuir vida infinita.
Abraços