«Através da violência pode matar um assassino, mas não o assassinato.

Através da violência pode matar um mentiroso, mas não a mentira.

Através da violência pode matar uma pessoa odiosa, mas não o ódio.

A ESCURIDÃO NÃO PODE EXTINGUIR A ESCURIDÃO. SÓ A LUZ O PODE FAZER.»

MARTIN LUTHER KING




segunda-feira, 7 de maio de 2012

O QUE VI RECENTEMENTE NO CINEMA!

A programação deixa muito a desejar, mas não me divorcio do prazer de ver cinema, vendo algum que passa mais marginal!

TERRA DE SANGUE E MEL

Filme de estreia de Angelina Jolie como realizadora, interpretado por Zana Marjanovic, Goran Kostic e Rade Serbedzija.


Se a Angelina Jolie, não fosse a Angelina Jolie…uma estrela numa passadeira vermelha, uma figura presente nas revistas cor-de-rosa, o filme não passaria pelas salas
internacionais, mas avaliando os filmes que há para consumir e deitar fora, ainda bem que este chegou.
Podendo torcer-se o nariz a um filme-denúncia, realizado por Angelina Jolie, apesar do seu envolvimento em variadas causas, vê-se um trabalho não brilhante, mas honesto e bem intencionado.
«Na Terra de Sangue e de Mel», são mostradas as atrocidades do genocídio, os campos de concentração, as violações de mulheres em massa, a limpeza étnica e ineficiência americana para lidar com um massacre bárbaro que poucos acreditavam que pudesse acontecer tão perto, no tempo e na geografia: a sangrenta guerra na ex-Jugoslávia, nos anos 90. Angelina usa o expediente óbvio, de dois amantes separados pelas barricadas do conflito, ele oficial sérvio, e ela uma bósnia pintora e muçulmana, que se reencontram em plena barbárie. Ela e outras mulheres jovens e bonitas são escolhidas para serem escravas de cozinha e da cama dos militares. O Sérvio tenta protege-la, mas há ali uma ambiguidade que o argumento não soube explorar. O romance é insípido. 

EXÓTICO HOTEL MARYGOLD


 De John Madden

 


Judi Dench, Tom Wilkinson, Bill Nighy ou Maggie Smith são alguns dos nomes de um elenco de qualidade inquestionável, aos quais se junta a irreverência e fluidez de Dev Patel. Quase na totalidade rodado na Índia, o filme acompanha as peripécias de um grupo de "seniores" ingleses que procura naquele país exótico uma lufada de ar fresco para as suas vidas. 
Atraídos pela ilusão de um espaço mágico e relaxante, o primeiro contacto com as pessoas locais e com o Hotel que dá nome ao filme estará longe de ser o mais agradável.

Mais do que o retrato de um país diferente, o filme preocupa-se, acima de tudo, em demonstrar que há verdadeiramente algo que apenas a maturidade permite alcançar. Na vida destas 7 pessoas, cada um com o seu passado e com o seu presente, será difícil não reflectirmos sobre os receios, sonhos e desgostos, acumulados ao longo de uma vida inteira.

Filme recheado de subtilezas, encantos, falsas moralidades e auto-críticas, ao qual Madden transmite autenticidade e naturalidade.


Amigos Improváveis 

Realizado por: Olivier Nakache e Eric Toledano. 

Philippe (François Cluzet), é um aristocrata francês de meia-idade, que sofreu um acidente de parapente, que o deixou tetraplégico e decide contratar alguém que o apoie nas suas rotinas diárias. Para tal, entre muitos candidatos, contrata Driss (Omar Sy), um jovem senegalês de um bairro problemático, recém-saído da prisão. Driss é, segundo todas as aparências, alguém totalmente inadequado à função, porém Philippe, estabelece com ele um vínculo imediato e contrata-o. Assim, aqueles dois homens com vidas tão díspares vão encontrar coisas em comum que ninguém julgaria possíveis, nascendo entre eles uma amizade que, apesar de improvável, se tornará mais profunda a cada dia. Partilhando, experiências e saberes, vão ter para as suas vidas individuais uma outra perspetiva.


Amigos Improváveis - Trailer Legendado


5 comentários:

Sandra Botelho disse...

Vou ver se encontro pras locar...Obrigada amiga por compartilhar. Bjos achocolatados

✿ chica disse...

Boas dicas de filme.ANDO TÃO DEFASADA DELES, NUNCA MAIS CONSEGUIMOS IR! BEIJOS,BOA NOITE!CHICA

Fátima disse...

Todos muito interessantes Manu. Tenho muita vontade de ver "
Amigos Improváveis ".
O ultimo filme que vi e que me deixou arrepiada foi Incêndios, de longe o melhor filme canadense de 2010, é fruto do amadurecimento artístico de seu diretor, o canadense-francês Denis Villeneuve.
Bom dimais da conta!
Bjs.

anamar disse...

Amei...
<Bjs

Socorro Melo disse...

Oi, Manu!

Que legal! Adorei as dicas, e as sinopses, pois, aprecio uma boa película.
Gosto muito de filmes no estilo de Amigos Improváveis. Vou à cata, rsrs
Beijos
Socorro Melo