«Através da violência pode matar um assassino, mas não o assassinato.

Através da violência pode matar um mentiroso, mas não a mentira.

Através da violência pode matar uma pessoa odiosa, mas não o ódio.

A ESCURIDÃO NÃO PODE EXTINGUIR A ESCURIDÃO. SÓ A LUZ O PODE FAZER.»

MARTIN LUTHER KING




segunda-feira, 25 de abril de 2011

25 DE ABRIL 37 ANOS DEPOIS...

HOJE DIA COMEMORATIVO DA REVOLUÇÃO DOS CRAVOS, PORTUGAL ATRAVESSA TEMPOS MUITO DIFÍCEIS E OS PORTUGUESES ESPERAM MEDIDAS ECONÓMICAS DRÁSTICAS...OS CRAVOS MURCHARAM...

Neste dia lembro ZECA AFONSO, sem me esquecer de tantos outros, que me insuflaram energias e fé: Adriano, J. Mário Branco, Fausto, Sérgio Godinho, Victorino, Janita, Padre Fanhais, Manuel Freire, Luís Cília, Samuel, Tordo, Carlos Mendes, Paulo de Carvalho... 





13 comentários:

Nela San disse...

Querida Manu, acho que és mt importante o que tu escreves. A fé de ter tempos melhores pode ser tida despertada em mt formas, mesmo com os blogues.

Ciao cara e buon 25 aprile ai nostri cugini portoghese!

Luís Coelho disse...

Linda homenagem.
Recordo todas estas canções que íamos ouvindo no rádio- Emissora Nacional.
De tanta vez as ouvir foram ficando no meu ouvido. Depois comecei a cantá-las também enquanto trabalhava na terra.

Maria disse...

Os cravos não murcharam, Manuela!
Eu rego-os todos os dias!!!

Um beijo.

MJ FALCÃO disse...

Ó Manuela, amiga! Os cravos do 25 de Abril nunca murcham!
Um grande abraço. Belas e saudosas canções...
Deixo-lhe a minha lembrança... Hoje.

http://falcaodejade.blogspot.com/2011/04/ha-37-anos-aconteceu-o-25-de-abril.html

Glorinha L de Lion disse...

Uma pena Manu que estejam passando por momentos tão difíceis. Mas esta Revolução é algo pra não se esquecer jamais, uma página belíssima da história portuguesa. Beijos querida,

www.amsk.org.br disse...

"Que assim seja"

Homeopatas dos Pés Descalços

Bordados e Retalhos disse...

Li em outro blog sobre a Revolução dos Cravos.´Apesar dos pesares é sempre bom saber que é possível refazer a primavera, apesar dos cravos murchos. Bjs

Lilá(s) disse...

Vamos regar os cravos...
Bjs

Memória de Elefante disse...

Manú!

Hoje mais do que nunca é preciso lembrar de 25 de Abril de 1974 que mudou a história de Portugal e influenciou o fim das ditaduras nos países latinos.
LIBERDADE SEMPRE!

Um beijo!

PS:Sinto muito a tua dor, saber que meu poema te trouxe alento,conforto neste momento é sentir um elo inquebrantável.

ELIANA-Coisas Boas da Vida disse...

Querida os tempos melhores com certeza virão para todos nós só nos resta esperar e ter confiança que tudo muda sempre para melhor!
Temos que acreditar!
Vá regando os cravos com otimismo e perseverança!

Socorro Melo disse...

Oi, Manu!

É importante comemorar datas especiais, que nos reportam a mudanças,a melhorias de vida.
Revoluções são marcantes, e devemos preservar a memória dos heróis do povo, àqueles que lutaram, e que conseguiram atingir objetivos.
Tudo muda, mas o povo tem que ser confiante, e atuante,e é preciso que novos heróis sejam suscitados.

Um grande abraço
Socorro Melo

José Sousa disse...

Olá Amiga Manu!
Lindo este texto.
Fico lhe esprando lá no meu espaço:

http://www.transpondo-barreiras.blogspot.com/

Um Beijo.

Tati disse...

Oi Manu, nossas terras tem histórias que se assemelham em muito. Somos filhotes de vocês, né?
Aqui ainda nos rondam as lembranças de 68 e tudo o que veio junto. E apesar dos brasileiros acreditarem que vivem numa democracia, não se deram conta que nosso regime ainda é ditatura, só mudou a forma de ditar. Tolinhos que somos!
Sei pouco sobre a revolução dos cravos. Conta um pouco para nós? Do seu jeito inteligente e reflexivo de contar? Vou adorar!
Beijos.