«Através da violência pode matar um assassino, mas não o assassinato.

Através da violência pode matar um mentiroso, mas não a mentira.

Através da violência pode matar uma pessoa odiosa, mas não o ódio.

A ESCURIDÃO NÃO PODE EXTINGUIR A ESCURIDÃO. SÓ A LUZ O PODE FAZER.»

MARTIN LUTHER KING




sexta-feira, 23 de março de 2012

poupe-se em tudo menos na poesia



SUBIDAS

Subir uma montanha é ficar ainda sobre a terra
ascender a altos cumes é um movimento ainda horizontal.
Subidas verdadeiras são as feitas sem dar passos
em que a ascensão é como uma paragem que se eleva.

E no entanto os montes pedem outra respiração
aproximam quem caminha a um ponto de silêncio
às paisagens nuas que os humanos não dominam.

Ai, nas altitudes onde o vento é sempre novo,
também os corações pressentem a vertigem
de algo que se abre, a realidade original.

Por isso os alpinistas, os esforços de ascensão
ao lugar dos cimos, das giestas e das águias,
lugar das fontes vivas e dos cedros quase eternos.

Porém uma montanha é apenas superfície
ninguém se eleva mais que o lugar dos próprios pés
ninguém pode ir mais longe que a moldura do seu corpo.

Só o desejo impele infinito a outra subida
uma subida a um rosto, a um corpo que se ama
e essa é a montanha, o amor, a sarça, o Deus.

Carlos Poças Falcão

2 comentários:

manuel marques disse...

Lindo.

Beijo e bom fim de semana.

Fátima disse...

Bjs minha querida