«Através da violência pode matar um assassino, mas não o assassinato.

Através da violência pode matar um mentiroso, mas não a mentira.

Através da violência pode matar uma pessoa odiosa, mas não o ódio.

A ESCURIDÃO NÃO PODE EXTINGUIR A ESCURIDÃO. SÓ A LUZ O PODE FAZER.»

MARTIN LUTHER KING




sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

DIREITOS HUMANOS E LIU XIAOBO

HIPOTÉTICOS ( fictícios, figurados, imaginários, supostos ) DIREITOS HUMANOS!...



As atrocidades cometidas na 2ª Guerra Mundial, levaram à criação da ONU em 20 de Junho de 1945. As Nações Unidas, foram criadas pela necessidade de um mundo de tolerância, de paz, de solidariedade entre as nações, que fizesse avançar o progresso social e económico de todos os povos, não é infelizmente o que acontece.


Em 10 de Dezembro de 1948, a Assembleia Geral das Nações Unidas proclamou a Declaração Universal dos Direitos Humanos.


HOJE SÃO COMEMORADOS 62 ANOS DE DIREITOS HUMANOS, NENHUM JORNAL COLOCOU O TEMA NA PRIMEIRA PÁGINA, A VINDA DA LADY GAGA A PORTUGAL SIM, PORQUE DE FACTO TEM IMENSA IMPORTÂNCIA, LOGO OS DIREITOS HUMANOS NÃO TÊM IMPORTÂNCIA NENHUMA. DAS DUAS UMA, OU ESTÃO A SER CUMPRIDOS A TODOS OS NÍVEIS E NEM VALE A PENA ESTAR A FALAR NISSO OU ENTÃO PARA QUÊ FALAR NUMA COISA QUE É IMPRATICÁVEL?


 
HOJE TAMBÉM FOI A CERIMÓNIA DA ENTREGA DO PRÉMIO NOBEL DA PAZ, MAS O PREMIADO, O CHINÊS LIU XIAOBO ESTÁ PRESO, COMO SUBVERSIVO E CRIMINOSO.



A actriz sueca Liv Ullmann leu um texto da autoria do Xiaobo, originalmente proferido diante de um tribunal chinês em 23 de Dezembro de 2009.


"Não tenho inimigos e não tenho ódio". Nenhum dos policiais que prenderam ou interrogaram, nenhum dos promotores que me indiciaram, e nenhum dos juízes que me julgaram é meu inimigo."


"Eu, cheio de optimismo, aguardo ansioso pelo advento de uma China livre no futuro. Pois não existe força que possa por fim à busca humana pela liberdade, e a China, terá que ser uma nação regida pela lei, onde os direitos humanos sejam respeitados."

10 comentários:

elisabete disse...

Sinto orgulho em ti.Estás sempre em cima do acontecimemto e sabes tocar nos assuntos com muita subtileza.
Parabéns.Beijinho.

José Sousa disse...

Olá amiguinha!
Gostei da sua postagem...mais uma fonte de cultura que descobri! penso que é a primeira vez que cá venho, vou seguir o seu blogue, gostei. Siga os meus também!

www.congulolundo.blogspot.com
www.queriaserselvagem.blogspot.com
www.minhaalmaempoemas.blogspot.com
www.angolaeseusfilhos.blogspot.com
www.inforvideo.blogspot.com

Um grande abração e até sempre

ADiniz disse...

Hj acompanhei a cerimônia de entrega do premio Nobel da Paz
Que cena Barbara pra se assistir em silencio por farias x, só a imagem.

A cadeira vazia da Paz O.u.CU.l.PADA pelo silencio da justiça

Que situação
Bjinhos e um final de semana feito lua crescente a vc.

G I L B E R T O disse...

Manu

Teus posts absolutamente inteligentes!

O trecho do discurso de LIU XIAOBO é fundamental e urgente!

Li várias vezes e em todas me emocionei!

grato por este momento!

Grato por seres minha amiga!

Estejas muito bem neste natal e no novo ano!

tossan® disse...

Oi Manuela, adorei a sua visita lá no klic. Falando do texto, é providencial e interessante aos dias de hoje. Beijo

manuel marques disse...

Ironicamente,Liu Xiaobo esteve representado por uma cadeira vazia .Gostei.

Abraço.

Graça Pereira disse...

O teu espaço é sempre uma folha de cultura! Ainda bem que há blogs assim... onde respigamos facilmente assuntos de tanta importância.
Mas hoje passei para te desejar um Feliz Natal e um Ano Novo muito prometedor.
beijo
Graça

Pedrasnuas disse...

É INACREDITÁVEL QUE NO SEC 21 AINDA SE APELE AOS DIREITOS HUMANOS...

BEIJINHOS E ABRAÇOS

Bombom disse...

Manú, Parabéns por este magnífico Post! Assisti pela TV à cerimónia de entrega dos Prémios Nobel e impressionou-me muito a força do depoimento do Liu Xiaobo!Nas suas palavras sente-se a sua grandeza de carácter! Deus permita que se gere uma corrente de apoio, que possa vir a libertá-lo em breve. Obrigada, Manú! Bjs. Bombom

Valdecy Alves disse...

Precisamos cada vez mais divulgar para cada pessoa, de todas as idades, de todas nacionalidades, credos de todas faixas etárias... a Declaração Universal dos Direitos Humanos. Leia matéria sobre o tema em: http://valdecyalves.blogspot.com/2010/12/direitos-humanos-declaracao-universal.html