«Através da violência pode matar um assassino, mas não o assassinato.

Através da violência pode matar um mentiroso, mas não a mentira.

Através da violência pode matar uma pessoa odiosa, mas não o ódio.

A ESCURIDÃO NÃO PODE EXTINGUIR A ESCURIDÃO. SÓ A LUZ O PODE FAZER.»

MARTIN LUTHER KING




quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

MANUEL ANTÓNIO PINA - «UMA ESPÉCIE DE DEMOCRACIA»

Uma espécie de democracia



Como a generalidade dos portugueses, o leitor não fará provavelmente a mínima ideia de quem seja o sr. Oli Rehn. Devia fazer porque o sr. Oli Rehn é comissário europeu dos Assuntos Económicos e extraordinário ventríloquo, conseguindo, de Bruxelas, colocar a voz em Portugal através do actual Governo (ou de qualquer outro). De facto, quando o dr. Teixeira dos Santos ou o primeiro-ministro anunciam "medidas" limitam-se a mexer os lábios; quem realmente fala é o sr. Oli Rehn.


A coisa funciona em "mise en abîme" pois a Comissão Europeia e o sr. Oli Renh também só mexem os lábios; quem fala quando eles falam é, por sua vez, a voz dos "mercados", ou seja, da banca e da usura.


O leitor (e eleitor) estará convencido de que elegeu um Governo e um Programa de Governo. Desiluda-se, elegeu feitores. Da banca, dos "mercados", da UE e, por fim, do sr. Oli Rehn - que anunciou no dia 28, em Bruxelas, que "Portugal preparará (...) reformas estruturais no mercado de trabalho" - e do sr. Didier Reynders, ministro das Finanças da Bélgica que, "em nome de Portugal", assegurou que o Governo que o leitor elegeu irá fazer "reformas nos sectores da saúde e transportes, tal como uma reforma do quadro orçamental". E, se eles o asseguraram, não tenha o leitor dúvidas de que o Governo cumprirá, independentemente do que estiver no Programa de Governo.


Consta que Portugal é um Estado soberano. E uma democracia


Fonte: JN (Jornal de Notícias) Porto

17 comentários:

AC disse...

Manuela,
O que Manuel António Pina diz não é novidade nenhuma, mas pelos vistos ainda há por aí muita gente que age como se tudo aqui se decidisse...
Marionetas no palco da vida, é o que parecemos ser...

Beijo :)

Marli Borges disse...

Nossa, que horror!
Ser governado por feitores? Ah, amiga, disso a gente aqui no Brasil já entende bem! Mas, como já dizia meu avô: "não há mal que sempre dure e não há bem que não se acabe". Será mesmo?
Bj

Nilce disse...

Conhecendo mais um pouco da história contigo, Manu.
Tenha um excelente dia.

Bjs no coração!

Nilce

Jorge disse...

Sou um leitor e admirador assíduo das suas crónicas "POR OUTRS PALAVRAS" publicadas no JN.
Um acaso feliz fez com que passasse por aqui.
Atrevo-me a fazer um comentário:
Nada mais transparente. A oposição assim não tem de que se queixar.
Abr
J

Cris França disse...

sinto-me em termos de política, como quem entra num castelo de espelhos. bjs querida

Brown Eyes disse...

O que acontece a quem aceita receber donativos? Fica na mão de quem os dá não? Foi o que nos aconteceu. Venderam-se por uns tostões que eles receberam e que nós vamos pagar. A escravidão não foi abolida apenas mudou a cor dos escravos.
Beijinhos

Cristiane disse...

Manuela, vim conhecer seu espaço já que participaremos do 2° Amigo Secreto do Natal. E aproveito para me inteirar um pouco mais sobre a história! Ventríloquos sempre existirão na política! Voltarei mais vezes. Bjks

Me disse...

Manu, passando pra deixar-te um beijo, e sempre aprendo um pouquinho...
=)

Sandra Botelho disse...

Amiga...Não entendo muito de politica...mas acho um mundo muito sujo esse.

Bjos achocolatados

manuel marques disse...

A democracia é apenas a substituição de alguns corruptos por muitos incompetentes ...

Beijinho.

São disse...

Há muito tempo que leio Manuel Pina.

Uma noite serena.

Pedrasnuas disse...

NÃO CONHECIA O DITO SENHOR MAS SEI QUE TUDO É DECIDIDO NO EXTERIOR E ULTIMAMENTE OS POLÍTICOS CONFESSAM-NO ABERTAMENTE...NEM É PRECISO LEGENDA EM RODAPÉ...ESTAMOS NAS MÃOS DELES...

E O AC TEM RAZÃO, SOMOS MARIONETAS.

BEIJINHOS

Luma Rosa disse...

Será que entendi bem? A grande reforma anunciada em Bruxelas consiste em aproveitar as "potencialidades" da legislação actual? Se constava no orçamento de Estado para 2011, haveria de ser de conhecimento público e não anunciada como uma grande novidade! Isto parece coisa de Engenheiro! (rs*) Boa semana!

Perola Rosa disse...

Entendemos bem desse assunto aqui no Brasil.É fazer a vontade de uma minoria e cortar verbas da educação e da saúde...

Ana Martins disse...

Manuela,
realmente vivemos "uma espécie de democracia", e não uma democracia!

Beijinhos,
Ana Martins

Laura disse...

Ó miga, eu já na sei o que consta, o que consto é diferente do que leio, logo, constamos todos que vivemos numa farsa ensaiada pelos Paises mais abonados e o resto é treta.

beijinhos

laura

Beth/Lilás disse...

Manú, queridona!
Se quiseres saber mais sobre o beija flor, dê um pulinho lá no blog.
bjs cariocas