«Através da violência pode matar um assassino, mas não o assassinato.

Através da violência pode matar um mentiroso, mas não a mentira.

Através da violência pode matar uma pessoa odiosa, mas não o ódio.

A ESCURIDÃO NÃO PODE EXTINGUIR A ESCURIDÃO. SÓ A LUZ O PODE FAZER.»

MARTIN LUTHER KING




terça-feira, 26 de julho de 2011

PELOS CAMINHOS DA MÚSICA...



Ouço o lamento, o suspiro…o gemido…
O sussurro…o sentimento contido…
Ferido no arco das cordas…
Tensão… ressonância…
De deslumbramento provido…

A alma dos cedros…
As pedras que falam…
As flores que sorriem…
O perfume do mar…
Os murmúrios da relva…
A água da fonte a cantar…

Uma infinidade de possibilidades…
Que são em mim…
Como tu és em mim…
Num elo envolvente…

 Voo e mergulho, caminhada e viagem…
Com a tua mão apertando a minha
Por onde escorre a tua essência
Esvaindo-se dos teus dedos gota a gota…
Que levo um a um à boca
Mitigando minha avidez e carência…

mf

7 comentários:

Pedrasnuas disse...

Voltei depois de uma pausa forçada...Lindo o teu poema!!! Sentido,profundo e musical...Continua que estás a ir muitíssimo bem!!! Parabéns!!!

Beijinhos

Socorro Melo disse...

Nossa, Manu, arrepiei! Ler um poema tão lindo, ouvindo uma música tão envolvente, é maravilhoso. A música e a poesia nos transcendem...

E as imagens? Sem comentários.

Parabéns pelo bom gosto!

Beijos
Socorro Melo

www.amsk.org.br disse...

LINDO, LINDO, LINDO, LINDO, LINDO.
das 5 cozinheiras

Ana disse...

Não sei o q é mais lindo, se o poema se o fundo musical.
Parabéns!!
Ah! e beijos
Ana

pensandoemfamilia disse...

Muito bonito letra e melodia.
bjs

Memória de Elefante disse...

Manú!
Tudo é trama de som e desejo
em espirais...

Lindo poema!

Um beijo

Rozani disse...

Oi Manu, tudo bom?
Que poesia linda. Adoro ler uma boa poesia.
Obrigada por vc ter ido no meu blog.
Bjs, Rozani