«Através da violência pode matar um assassino, mas não o assassinato.

Através da violência pode matar um mentiroso, mas não a mentira.

Através da violência pode matar uma pessoa odiosa, mas não o ódio.

A ESCURIDÃO NÃO PODE EXTINGUIR A ESCURIDÃO. SÓ A LUZ O PODE FAZER.»

MARTIN LUTHER KING




terça-feira, 3 de maio de 2011

ORIENTE/OCIDENTE ....Reflexão de AMIN MAALOUF

Amin Maalouf  é um escritor libanês.

Durante 12 anos foi repórter, tendo realizado missões em mais de 60 países.


Tem uma obra vasta e recebeu os seguintes prémios:

Prix des Maisons de la Press pela obra “As cruzadas vistas pelos Árabes”
Prémio Goncourt 1993 pela obra “O rochedo de Tanios”
Prémio Príncipe das Astúrias na categoria letras em 2010.



 Mercado em Jaffa - GUSTAV BAUERNFEIND (1848-1904)




O que eu censuro hoje ao mundo árabe é a indigência da sua consciência moral; o que eu censuro ao Ocidente é a sua propensão para transformar a sua consciência moral num instrumento de dominação. Duas acusações pesadas e para mim duplamente dolorosas, mas que não posso deixar de fazer (…). No discurso de uns procurar-se-ia em vão os vestígios de uma preocupação ética ou a referência a valores universais, no discurso dos outros estas preocupações e estas referências estão omnipresentes mas são usadas selectivamente e constantemente desviadas a favor de uma política. O resultado é que o Ocidente não cessa de perder a sua credibilidade moral e os seus detractores não têm nenhuma.



UM MUNDO SEM REGRAS
Amin Maalouf 

8 comentários:

manuel marques disse...

Passando para te deixar um beijo .

anamar disse...

Grande verdade...
Beijinho Manuela... amanhã vou até à madeira por uns bons dias..
Ana

R. disse...

Quando as palavras são perfeitas, nada mais há a acrescentar.
Excelente escolha!

AFRICA EM POESIA disse...

Foi bom ver-te neste dia tão especial .
Dia de Saudade à Mãe que partiu mas que continua no nosso coração


Espero queo problema de entrada no meu blog se resolva...

beijos

Beth/Lilás disse...

Querida Manuela!
A verdade nesta reflexão de Maalouf é que tanto o Oriente quanto o Ocidente erram, matam, assassinam e destroem vidas.
grande abraço carioca

✿ chica disse...

Um texto pra pensar...tantas coisas vemos, tantas coisas fazem...beijos,tudo de bom,chica

Ana Martins disse...

Boa noite Manuela,
a realidade é presente, deprime-nos por vezes deixa-nos descrentes de um mundo melhor... Mas como a esperança é a última a morrer, acreditemos!

Beijinho e muito obrigada por partilhar comigo o 3º aniversário do Ave Sem Asas.

Beijinho,
Ana Martins

Macá disse...

Olá Manuela
e ele deve saber do que está falando não?
Passei pra te deixar um abraço.