«Através da violência pode matar um assassino, mas não o assassinato.

Através da violência pode matar um mentiroso, mas não a mentira.

Através da violência pode matar uma pessoa odiosa, mas não o ódio.

A ESCURIDÃO NÃO PODE EXTINGUIR A ESCURIDÃO. SÓ A LUZ O PODE FAZER.»

MARTIN LUTHER KING




quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

EM NOSSO NOME...MANUEL ANTÓNIO PINA (JN-PORTO)

DIARIAMENTE LEIO A CRÓNICA DO MANUEL PINA, TODAS MERECIAM SER AQUI INSERIDAS, MAS ENTÃO ESTE PASSARIA A SER O BLOGUE DO MANUEL ANTÓNIO PINA, MAS ESTA SURPREENDEU-ME, CONFESSO QUE NÃO SABIA NADA DISTO! ENFIM GEORGE ORWELL (1903-1950), VEIO LOGO AO MEU PENSAMENTO!

Não me incomoda que os EUA tenham os meus dados biográficos e biométricos ou o meu ADN. Eu próprio lhos forneceria se os EUA mos pedissem e calhasse de estar para aí virado. Incomoda-me (porque, que diabo!, os dados afinal são "meus") é que o Governo, a quem confiei esses dados para fins específicos como o BI (felizmente ou infelizmente não tenho, mas nesta altura já não estou certo de nada, cadastro criminal), os ceda, venda, empreste ou de qualquer forma negoceie sem me dar cavaco.


O acordo entre o Governo português e os EUA para cedência dos meus dados pessoais (e dos seus, leitor, e dos de todos os portugueses) vai agora à AR que, em minha representação, mesmo sem que eu lhe tenha passado mandato para tal, lhe dará a bênção democrática. E lá seguirão fotografia, impressão digital, nome, data de nascimento, residência, filiação e até um escasso metro e 67 de altura, tudo supostamente "meu", a caminho da Califórnia sem eu nisso ser tido nem achado. Se ao menos pudesse trocar a foto! Na do BI pareço um terrorista curdo e isso já em tempos me causou problemas em Berlim quando tentei comprar um frasco de álcool numa farmácia ("Vocês, no Curdistão, não usam 'after shave'?", quis saber, desconfiado, o farmacêutico).


Um cidadão ou empresa que fizessem o que o Governo se prepara para fazer acabariam em tribunal por crime de abuso de confiança. Mas os governos estão acima das leis, não estão?

7 comentários:

manuela baptista disse...

e assim, para me adiantar

deixo aqui os meus dados!

sou a manuela

que lhe dá um abraço

relogio.de.corda disse...

Segundo consta, parece que estão, mas não deviam estar. Vivemos numa sociedade de direitos e deveres, iguais e ninguém devia passar por cima de lei alguma, mesmo tendo um estatuto social (ou outro) superior.

António Rosa disse...

Muito bom, Manuela. Nem sabia disto.

Sandra Botelho disse...

Oiquerida saudades do cê uai...
O que fazer com eles?
Bjos achocolatados

manuel marques disse...

Os meus penso que já lá estão,pois em tempos passei lá um periodo de seis meses,hihihihih.

Abraço.

Luís Coelho disse...

Como já afirmaram antes, também eu desconhecia mais este atentado contra nós e o direito que temos à nossa privacidade.

As leis são para cumprir por todos e se o governo não cumpre então também temos esse direito.

Vamos todos ao quartel da Carregueira. Certamente também temos direito a uma G3.

Bombom disse...

E nós? "Lá vamos, cantando e rindo"...(Hino da Mocidade Portuguesa). Quem disse que Portugal é uma Democracia?
Bjs. Bombom