«Através da violência pode matar um assassino, mas não o assassinato.

Através da violência pode matar um mentiroso, mas não a mentira.

Através da violência pode matar uma pessoa odiosa, mas não o ódio.

A ESCURIDÃO NÃO PODE EXTINGUIR A ESCURIDÃO. SÓ A LUZ O PODE FAZER.»

MARTIN LUTHER KING




quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

UM RAMO DE FLORES DE MUGUET PARA TODOS...(FELICIDADE)



O muguet é uma flor escondida. É uma flor pequenina e branca e tem um perfume mais maravilhoso e mais belo do que o perfume dos nardos.



Durante o Inverno ela dorme na terra debaixo das folhas secas e desfeitas das árvores. Dorme como se tivesse morrido. Mas na Primavera as suas longas folhas verdes furam a terra e crescem durante alguns dias até terem um palmo de altura. Então muito devagar as folhas vão-se abrindo e mostram à luz maravilhada as campânulas aéreas, brancas e bailarinas da flor do muguet. E o vento da tarde toma em si o perfume do muguet, leva-o consigo, e espalha-o no jardim todo.


Então tudo no jardim estremece e as grandes tílias e os velhos carvalhos e as flores recém-nascidas e as relvas e as borboletas dizem:


- É Primavera! É Primavera!


Só os gladíolos não gostam e dizem:


- Que flor tão exibicionista! Finge que se quer esconder, finge que é simples e humilde, finge que não quer que a vejam, mas depois transforma-se em perfume e espalha-se no jardim todo!


E à noite, quando vão à estufa visitar as begónias e as orquídeas, os gladíolos fecham a porta para não sentirem o perfume da flor do muguet.”


(Excerto de “O rapaz de bronze” de Sophia de Mello Breyner Andresen)


[PEÇO DESCULPA A TODOS PELA MINHA AUSÊNCIA NOS VOSSOS BLOGUES, MAS NÃO ME TEM SIDO POSSÍVEL, RETOMAREI AO CONTACTO MAIS DIRECTO LOGO QUE POSSA, ENTRETANTO AGRADEÇO MUITO AS PALAVRAS QUE VÃO DEIXANDO POR AQUI E QUE REVELAM BEM A VOSSA GENTILEZA E AMIZADE]

20 comentários:

Chica disse...

Lindo trecho e flores lindíssimas!

beijos,tudo de bom,lindo dia e bons trabalhos por aí!!

chica

as-nunes disse...

Que maravilha de texto para ilustrar a maravilha que é a Natureza, o excelso apelo a todos os sentidos que nos é dado ter.

Porque é que não mostramos todo o nosso amor/apreço pelo inexplicável e formidável que é a Natureza, nas suas várias facetas e ciclos?!

Porquê?!
Nós também somos a Natureza, somos uma irmandade, não somos inimigos!...

Muitas Felicidades, Manuela
António

Beth/Lilás disse...

Manú, querida!
Bom dia!
Pois vejo sempre esta florzinha aqui no Brasil em plástico feito na China, por sinal muito bem feita.
Mas, sinceramente, nunca vi ao vivo e agora depois da beleza de descrição de Sophia fiquei mais curiosa ainda de vê-la algum dia, quem sabe por aí na terrinha.
Acho muito lindinhas estas florzinhas.
Volte logo, estamos saudosos.
beijinhos cariocas

♕Miss Cíntia Arruda Leite ღ disse...

Manu querida!!

Voltei ao mundo dos blogs e adorei receber essas flores de primavera, ainda mais pelo meu niver amanhã, rs!!

Saudades de você e do seu cantinho!!

beijos

GRAÇA disse...

Vim pela primeira vez ao seu blog e levo logo uma linda flor que vai prefumar o meu blog
Obrigada
Bjs
Graça

Glorinha L de Lion disse...

Oi Manu querida, vi outro dia um filme francês em que o protagonista colhia muguets para vender na cidade, pois se acreditava que se devia dar um ramo de muguets ao amado/a para lhe trazer sorte e felicidade.....ao ver o filme lembrei-me de minha mãe que tinha um raminho de muguet artificial para enfeitar os vestidos e usou um perfume durante muito anos: o Muguet du Bonheur. Ando precisando de um raminhos desses...mandas-me um daí? kkk beijos,

ADiniz disse...

Hum... vento que balança

Só vc mesma que de fato és terna e doce pra ter tanta delicadeza de saber ouvir o toque que de longe a brisa trás a anunciar a primavera chegar.
Arruma a sala, abri às janelas e pinta todas as paredes de amarelo e ali no parapeito um colibri a cantar, só por ela esperar.
Esta é minha tela pintada de vc por mim assinada.

Manu gosto deste seu mundo sabes bem disso, pois aqui sinto verdade em sua essência.
Bjinhos estendidos de um largo com todo carinho e admiração que por te guardo.

Zélia Guardiano disse...

Postagem encantadora, minha querida Manuela!
As flores do muguet...
Quanta delicadeza!
A rivalidade no jardim, entre seus habitantes...
Tudo lindo demais!
É sempre um prazer inenarrável, vir aqui!
Abraço bem caloroso da
Zélia

Brown Eyes disse...

Beleza rara.
Beijinhos

Bia Jubiart disse...

Lindas palavras e belas imagens...

Beijoooooooooo

Tati disse...

Manú, depois que a amizade já está estabelecida é como o muguet, pode até esconder-se sob as folhas secas no inverno, mas sabemos que estará presente, alegrando, perfumando, assim que seja novamente sua estação. Eu estarei daqui, aguardando o momento de dizer: É primavera! É primavera! A Manú voltou!
Beijos, fique bem.

Lilá(s) disse...

É uma flor de uma suavidade incrivél, já a tentei cultivar mas desapareceu, ainda bem que aqui passei vou tentar comprar outra vez.
Beijinhos

Nela San disse...

Obrigada pelas flores! As fotos e o texto é maravilhoso.
Bye&besos
Nela San

manuel marques disse...

Umm que perfume...

Beijinhos meus.

ParadoXos disse...

conheço bem e admiro com todas as forças esse talento de Sofia!

abraços

Regina disse...

Manuzinha, que flor maravilhosa!!

Creio que, assim como as flores de muguet, as mulheres mais fascinantes não precisam se exibir para serem belas porque simplesmente, elas são!!

Beijos!!!

Fatima disse...

Amo muguets!
bjs

Lulú disse...

Olá Manuela.
Gosto muito de flores e esta história, do comportamento do muguet eu não conhecia. Nunca tive a oportunidade de ver o pé, o cultivo.
Adorei.
Beijos.
Maria Luiza (Lulú

Anónimo disse...

Adooooooro estas florzinhas e não sei onde comprar para cultivar. Sabe me dizer?
Obrigada

Elena

lena.sines@gmail.com

Isabel bivar disse...

Em reuniões de trabalho internacionais, conheci,na Europa de que tanto se fala,há muito, a beleza dos "muguet" ou "lírios do vale", talvez "miosotis", em português. Aprendi que se ofere às pessoas de quem gostamos, por altura do 1º de Maio. Nunca consegui fazê-los vingar, nas tentativas do seu cultivo,a partir de rizomas comprados em França e Alemanha... Este ano, comprei cá, no LIDL, uns rizomas. Aí estão eles, no vaso da minha varanda, a dizer que sim! Que vêm para ficar! A dizer que a Europa pode ser mais do que Merkls, Sarkosis e acólitos... A Europa são pessoas , diferentes em muitas coisas, mas iguais noutras, no sofrimento e na dureza da austeridade que nos impõem, como se fossemos ladrões,que trabalham sem merecerem o que lhes é devido... (Só uns quantos, eleitos são dignos!...) na aspiração por uma vida compatível com o esforço dispendido, por uma retribuição do trabalho merecida e não sentida como roubo , coisa não devida!Vamos unir-nos, pugnando por melhores condições de vida, através desta flôr símbolo: "Lírio do vale"? Este ano, quando os meus "Muguet" estiverem em flor, no dia 1 de Maio, vou colher um ramo dos meus "muguet",pô-lo na lapela e vou para a rua, juntar-me aos outros que querem dar uma volta a este mundo estúpido sobre o qual nos querem fazer crer não há volta a dar!Quando tiver rizomas para oferecer, peçam-me. Vou gostar de os oferecer com esta utilidade /significado!Vamos espalhá-los por Portugal inteiro!!!Eles querem dizer que não estamos a dormir, que por mais que argumentem, isso não nos transforma em seres estúpidos!!! Simbolizarão a nossa força colectiva europeia, a nossa capacidade de pensar e decidir sobre o nosso futuro colectivo!
Até breve!
Isabel Bivar