«Através da violência pode matar um assassino, mas não o assassinato.

Através da violência pode matar um mentiroso, mas não a mentira.

Através da violência pode matar uma pessoa odiosa, mas não o ódio.

A ESCURIDÃO NÃO PODE EXTINGUIR A ESCURIDÃO. SÓ A LUZ O PODE FAZER.»

MARTIN LUTHER KING




terça-feira, 22 de dezembro de 2009

CARTA AO PAI NATAL (LOLLOLLOL)

Pai Natal,
Eu não te conheço, mas ouço falar muito de ti, parece-me que eras azul e a coco-cola te pôs vermelho, mas eu hoje não estou virada para a investigação histórica, o que eu tenho é frio, frio, frio e não me apetece mexer muito, cada gesto é vento frio. Estou a escrever-te, porque como toda a gente, também considero que posso formular os meus pedidos. Se queres que te diga eu até acho que és um sacana, porque deixas muitos meninos tristes e até aqueles que com certeza pensas deixar contentes, com muitas coisas que dás, também ficam tristes porque nunca ficam contentes com o que lhes dás! Mas adiante, que eu quero fazer os meus pedidos. Como já és muito velho e só apareces uma vez por ano, aproveita a oportunidade para passares por aquela gente muito influente e diz-lhe que muitas pessoas e cada vez mais, querem um mundo mais CONSCIENTE e olha nem vale a pena dizer mais nada, porque no consciente está de facto tudo englobado.

Ah esqueci-me de te dizer, que me porto muito bem, como a sopa toda, sou educada para as pessoas, dou beijinhos, tomo banho todos os dias, blá, blá, blá...claro que também faço umas asneirinhas...mas não me apetece falar nisso.
Queria pedir-te um fato de astronauta, não, eu não quero ir à lua, não há lá ninguém e é só pó...o fato dava-me jeito porque deve ser quentinho e está um frio brrrrrrrrrrrr...........

É estúpido este pedido? Pois é!...Olha eu adoro praia e se me desses uma praia tropical? Até te mando uma fotografia! Vês este mar, esta areia, estas palmeiras...prometo que tenho muita gente para levar comigo...pode ser?


Outra prenda, que já há muitos anos pensei que gostava de ter, eram umas asas, como sofro um bocado de inquietações, assim quando não estivesse bem mudava de ares...eu gostava!...Não ia fazer como o Ícaro, voava cá mais por baixo...devagarinho, acredita que não ultrapassava os limites de velocidade...nem fazia ultrapassagens e manobras perigosas.


Pedidos estrambólicos? Pois é...mas...como é a primeira vez que te escrevo, foi para chamar a atenção, tás a perceber?
Quanto às prendas dos meus pais natais a minha filha disse-me agora que me ia dar um cinto.
E eu, admirada disse-lhe:
-Um cinto!...mas eu ando com as calças a cair?
Diz-me ela com um grande lata:
-Sinto muito, mas não te posso dar nada!?...
É assim a vida Pai Natal.
Beijinhos

19 comentários:

Glorinha Leão disse...

Seus pedidos nada tem de estrambólicos minha querida...são até bem fáceis...difícil é fazer o Pai Natal que há em cada um de nós fazer sua parte e dividir com o resto da humanidade o que nos tem dado de sobra...quem sabe se cada um colocar o saco nas costas e sair por aí distribuindo abraços, o mundo não fique um pouco melhor?
Já é um bom começo, não acha?
Felizes Festas minha querida! E que em 2010 nossa amizade virtual se fortaleça mais.
Beijos!

Elaine Barnes disse...

rs...Sinto muito? rs...Os pedidos foram muito legais! Vim agradecer as lindas palavras e dizer que não recebi nenhum e'mail Manoela. Acha ele e manda de Novo. Quero ler. Montão de bjs amiga

Memória de Elefante disse...

Agradeço a visita e as palavras.


UM FELIZ NATAL E 2010 REPLETO DE PAZ!

UM beijo

Mar Arável disse...

Quando nasce um sonho

é natal

sem calendário

Me Barboza disse...

adorei os pedidos Manuela, não me esqueça de convidar para ir a praia que ganhares...rsss
Bjos e lógico um natal maravilhoso pra você e seus familiares!

Cris França disse...

feche os olhos querida e acredita na magia do mundo, ele vai te dar essas asas com que sonhas, tenho certeza...um beijo no coração, obrigada pelo carinho e nos vemos em 2010, Boas Festas!

Regina disse...

Querida Manu (posso assim, te chamar?!!), adorei seu texto!!

Que bom seria se todos esses pedidos pudessem ser realizados!... os pedidos da alma...

Grande beijo, ainda volto para desejar um Feliz Natal, visto que ainda não entrei no ritmo natalino este ano!! rsrs...

poematar disse...

Belos pedidos, muito a proprósito; de facto "aqueles senhores" precisam de "conciência" - não sei é se alguma vez será possível vê-los com ela. Saudáveis renovações. Vai uma visita?

Manuela Araújo disse...

Olá Manuela
Passei por aqui para desejar um feliz Natal, sobretudo com a companhia daqueles que são mais queridos, com muita alegria e amizade, e sem esquecer a solidariedade para com os que mais precisam.
Um beijinho

Nes disse...

Hola Manuela, desesoche un Bon Ano novo, que teñamos saude, sorte e que non nos falle o amor, un abrazo moi grande.

Sandra Botelho disse...

Querida, passei rapidinho por aqui, para lhe agradecer o carinho em comentarios em meu blog.
E deixar meu beijo e um caloroso abraço.
Bjos querida e toda felicidade do mundo prá você

Flávia disse...

Genial, adorei!!

Feliz Natal pra ti também e um Ano Novo repleto de sonhos realizados!!

Abraços.

Anna D'Castro disse...

Olá Manuela!
Seu blog é uma 'light' para os olhos, alma e todos os sentidos...
meus sinceros parabéns por tudo.
Já há uns dias ke ando lendo por aki e fiquei deveras 'iluminada' por toda a luz ke se desprende desta página.

Os meus votos de Boas Festas.
Um Natal cheio de bençãos e ke 2010 lhe traga td o ke mais ambiciona.

Quando puder faça uma visitinha lá no FLORES SELVAGENS
www.floreselvagens.blogspot.com

será muito bem vinda
Td de bom pra vc.
bjs
Anna D'Castro

Carlos Albuquerque disse...

Resposta à Menina Manuela.
Não sou esse tal de Pai Natal, mas as renas obedecem-me, talvez porque use barba branca, cabelo acinzentado, sobrancelhas a dar para o negro,rugas a enfeitar-me o rosto,e lhes fale. Desconfio que as renas deixaram de gostar do tal senhor que a Coca-Cola pintou de encarnado. Parecem simpatizar com os meus ténis, ganga e polo deslavado. Aproveito a onda.
No próximo trenó, que deverá partir por volta do meio-dia, segue um fato de astronauta, com direito a troca, senão servir. A praia não vai porque não encontrei jeito de a embalar sem que siga a pingar pelo caminho. Desculpa a falta de jeito.
Quanto às asas, estão esgotadas. O teu pedido chegou estava eu, precisamente, de volta de um novo modelo, mas já não o consigo acabar a tempo. Prometo, contudo, que se continuares a comer a sopa toda, a tomar o banhinho diário, a ser bem comportada e educada para as pessoas, não precisas de ser muito, basta que sejas assim-assim,para o ano terás um par delas, novinhas em folha, brilhantes e bem voadoras, à prova de avarias e com manual de instruções para que sempre que andares lá por cima saibas regressar sã e salva. Vale?
Olha, não te esqueças, logo à noite, quando estiveres de volta de uma rabanada, lembra-te deste teu amigo, que não sendo o Pai Natal, te deseja tudo de bom.
PS - Pede à chefe das renas o postal que te envio. Nele poderás ler: Um Bom Natal e um Ano Novo a transbordar de coisas boas.
BJS

Manuela Freitas disse...

Glorinha,
Tratou-se evidentemente de uma brincadeira, só depois em que eu peço um mundo mais consciente. Aprovo completamente as tuas palavras e vou te pedir um favor, trata-me por tu, todos somos graõzinhos de areia e para formar o todo, todos são importantes e o que deve imperar é a fraternidade.
Bem -Hajas.
Beijinhos,
Manuela

Manuela Freitas disse...

Elaine,
Um caso sério de um sorriso bonito e contagiante!...
Escrever-te-ei brevemente.
Beijinhos,
Manuela

Manuela Freitas disse...

Me Barboza,
Obrigada por tudo.
Sonhar...é bom e entretém e sonhos estrambólicos ainda mais, porque divertem!
Claro que eu não queria uma praia só para mim rsrsrs...no sonho cabe muita gente, com uma condição não pode conspurcar a areia...
Tu estás convidada, seria muito agradável conhecer as pessoas com quem convivo virtualmente...
Beijinhos,
Manuela

Manuela Freitas disse...

A Memória de Elefante, Mar Arável, Cris, Regina, Poematar, Nes, Sandra, Manuela Araújo, Flávia, Ana d'Castro, agradeço as vossas palavras. Já apareci pelos vossos sítios personalizando os meus desejos, só me resta dizer que fico grata e que espero manter com todos a partilha.
Beijinhos,
Manuela

Manuela Freitas disse...

Carlos,
Foi delicioso o que escreveu, fez-me sorrir.
Um Pai Natal de ganga e ténis é o ideal e sou uma sortuda, pelo Pai Natal, ter tido a deferência de me ter escrito.
És um Pai Natal muito porreirinho e pronto vou continuar a tentar portar-me bem, às vezes é difícil...mas tenho que ganhar essas asas!...
Tudo do BOM e do MELHOR, para o meu querido amigo.
E na altura das rabanadas vou pensar em ti com certeza.
Um grande abraço,
Manuela