«Através da violência pode matar um assassino, mas não o assassinato.

Através da violência pode matar um mentiroso, mas não a mentira.

Através da violência pode matar uma pessoa odiosa, mas não o ódio.

A ESCURIDÃO NÃO PODE EXTINGUIR A ESCURIDÃO. SÓ A LUZ O PODE FAZER.»

MARTIN LUTHER KING




segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

JOHN KEATS




GOSTO QUANDO ME FALAS DE TI...

Gosto quando me falas de ti... e vou te percorrendo

e vou descortinando a tua vida

na paisagem sem nuvens, cenário de meus desejos

[tranqüilos

Gosto quando me falas de ti... e então percebo

que antes mesmo de chegar, me adivinhavas,

que ninguém te tocou, se

não o vento

que não deixa vestígios, e se vai

desfeito em carícias vãs...

Gosto quando me falas de ti...

quando aos poucos a luz

vasculha todos os cantos de sombra, e eu só te encontro

e te reencontro em teus lábios, apenas pintados,

maduros,mas nunca mordidos antes da minha audácia.

Gosto quando me falas de ti... e muito mais adiantas

em teus olhos descampados, sem emboscadas,

e acenas a tua alma, sem dobras, como um lençol

distendido,e descortino o teu destino, como um caminho certo, cuja [primeira curva

foi o nosso encontro.

Gosto quando me falas de ti... porque percebo que te [desnudas

como uma criança, sem maldade,

e que eu cheguei justamente para acordar tua vida

que se desenrola inútil como um novelo

que nos cai no chão...
( Tradução de JG de Araujo Jorge do livro "Quatro Damas" 1a ed. 1965
)
( Biografia de John Keats : http://pt.wikipedia.org/wiki/John_Keats)

4 comentários:

Cris França disse...

Hummmm... que lindo! muito romântico minha amiga....muito romântico!

ney disse...

Linda poesia de J.G. de Araujo Jorge, como todas as outras. O texto, ao olhar de hoje, poderia parecer possessivo, mas conhecendo a obra do autor, sabe-se que é mais uma visão romântica, intensa, de época. Mas o autor foi capaz de escrever de todos os sonhos e realidades, que alcançam os dias de hoje, e de sempre. Abraço/ney.

Sandra Botelho disse...

Poxa, não conhecia amiga.
Vou pesquisar mais sobre ele, ler mais.
Tantos grandes poetas que não conhecemos não´é mesmo?
Bjos querida uma linda semana!

Regina disse...

Manú, minha amiga!!

Que lindo poema!! Fascinante demais!!

Não conhecia este poeta... mas vou gravar aqui, o seu nome!!

Beijo!!