«Através da violência pode matar um assassino, mas não o assassinato.

Através da violência pode matar um mentiroso, mas não a mentira.

Através da violência pode matar uma pessoa odiosa, mas não o ódio.

A ESCURIDÃO NÃO PODE EXTINGUIR A ESCURIDÃO. SÓ A LUZ O PODE FAZER.»

MARTIN LUTHER KING




terça-feira, 5 de outubro de 2010

1910-2010 - COMEMORAÇÃO DOS 100 ANOS DA REPÚBLICA

Há uns dias, que exaustivamente a comunicação social fala da república, que mais dizer? Sou republicana e lembro-me de em miúda ir ver com o meu pai o que ocorria aqui pela cidade neste dia. Agora «deixem-me em paz», vi pela televisão a peça engendrada pela companhia de teatro «O Bando» (muito apreciado por mim), onde foi inserida muita poesia e a música de António Vitorino de Almeida. Da mesma deixo um poema do José Gomes Ferreira:

ACORDAI 


Acordai!

Acordai, homens que dormis

A embalar a dor

Dos silêncios vis!

Vinde, no clamor

Das almas viris,

Arrancar a flor

Que dorme na raíz!

.

Acordai!

Acordai, raios e tufões

Que dormis no ar

E nas multidões!

Vinde incendiar

De astros e canções

As pedras e o mar,

O mundo e os corações...

.

Acordai!

Acendei, de almas e de sóis,

Este mar sem cais,

Nem luz de faróis!

E acordai, depois

Das lutas finais,

Os nossos heróis

Que dormem nos covais.

.
José Gomes Ferreira

9 comentários:

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

100 anos...são poucas, mas há pessoas vivas que presenciaram esse momento tão importante por ai, não é?

deve ter sido uma grande emoção!
bom dia

Pedrasnuas disse...

CEM ANOS PARA CHEGAR AQUI E VER COMO O PAÍS,APESAR DE SER REPÚBLICA,ESTÁ NO ESTADO EM QUE ESTÁ...TOTALMENTE DESGORVERNADO COM DITADURA DISFARÇADA...

BEIJINHOS PARA TI MANÚ

Cris França disse...

o ideal é tão bonito, pena que na prática poderia ser bem melhor né Manu? bjs querida

Socorro Melo disse...

Oi, Manu!

É sempre emocionante relembrar e comemorar os grandes feitos. Infelizmente, como diz a Cris em seu comentário, o ideal é lindo, pena que na prática seja tudo tão diferente.
Mas, de qualquer maneira, VIVA A REPÚBLICA, né?

Beijos
Socorro Melo

manuel marques disse...

Saudações repúblicanas Manú.

Beijos meus.

Nilce disse...

E Viva a República Portuguesa!

Bjs no coração!

Nilce

Deia disse...

Querida Manu, 100 anos de república é sem dúvida um marco a ser noticiado aos quatro ventos. A base de uma democracia é o que faz o país crescer, perceber suas adversidades e planejar um futuro melhor (assim, pelo menos, é o que deveria ser...). Um beijo a Portugal, país que tanto estimo, e outro grande a você! Deia.

Duarte disse...

Pode que seja una das datas que melhor gravei da nossa historia, assim como o um de dezembro de mil seiscentos quarenta.

Nunca está demais recordar aqueles fetos que nos impulsaram a um mundo melhor.

Abraços

Brown Eyes disse...

100 anos é muito tempo, tempo suficiente para se ter aprendido alguma coisa, tempo suficiente para construir, para elevar um país ou para o destruir completamente. Aprender não me parece que tenha acontecido porque a destruição total caminha a passos largos na nossa direcção. Este dia serviu para se gastarem mais uns milhões. Beijinhos