«Através da violência pode matar um assassino, mas não o assassinato.

Através da violência pode matar um mentiroso, mas não a mentira.

Através da violência pode matar uma pessoa odiosa, mas não o ódio.

A ESCURIDÃO NÃO PODE EXTINGUIR A ESCURIDÃO. SÓ A LUZ O PODE FAZER.»

MARTIN LUTHER KING




quinta-feira, 14 de outubro de 2010

RECICLAR, RECICLAR...PRESENTE RECICLADO



Vida mais longa para os produtos é o lema do programa de recuperação de equipamentos eléctricos e electrónicos, estabelecido há quase dois anos pela Lipor-Serviço Intermunicipalizado de gestão de resíduos do grande Porto.
Esta entidade, que é responsável pela gestão, valorização e tratamento dos resíduos sólidos urbanos produzidos pelos oito municípios que a integram (Espinho, Gondomar, Maia, Matosinhos, Porto, Póvoa do Varzim, Valongo e Vila do Conde), está a inovar de forma muito concreta num programa que possibilita uma «segunda vida», para os equipamentos que, muita vez nesta sociedade vorazmente consumista, têm uma morte prematura.
Esta recuperação destes equipamentos, primeiro passo de reciclagem, tem depois uma vertente de apoio social, doando os aparelhos restaurados a Instituições de Solidariedade.
O técnico responsável pela oficina de recuperação disse que o seu princípio de trabalho é: Fazer muito gastando pouco e a grande maioria das recuperações têm custo zero.

14 comentários:

Mai disse...

Um programa com consciência ambiental. Ou mudamos nessas pequenas ações e gestos, ou não haverá um planeta habitável para as gerações futuras.

P.S.

Encontrei o seu blog por acaso.

Muito bom!

Misturação - Ana Karla disse...

Grande post!
Reciclar sempre e exemplificar.

Bom dia

Xeros

Zélia Guardiano disse...

Maravilha!
Tema inesgostável!
É preciso falar, falar e falar...
Enorme abraço.

Beth/Lilás disse...

Que trabalho completo este, amiga!
Quando conseguem êxito servem como referência para outros lugares e tomara que isto se alastre pelo mundo.
Na cidade de Petrópolis onde morei, tem agora um serviço de reciclagem que está no começo, mas já mostra sucesso, pois os rios diminuiram em muito no lixo. Toda a semana, um caminhão da reciclagem passa e recolhe das casas um grande saco de peças recicláveis e aí entregam outro saco para a próxima semana.
Aos poucos, sentimos que o homem está começando a se mover neste sentido.
Amém!
beijos grandes, cariocas.

Maria Teresa disse...

Pelo menos isso, já que, como você bem colocou, tudo é feito para durar pouco hoje em dia. Por aqui, criaram o sistema da "garantia estendida": você compra e paga um pouco mais para que em vez de um ano, possa ter dois de segurança na aquisição de algum produto. E aí o que acontece? Acabam os 2 anos e você tem que jogar o que comprou fora, pois consertar fica quase o mesmo preço que adquirir outro similiar.

Deia disse...

Ótima iniciativa! aqui em casa tenho tantos aparelhos antigos que não sei o destino que darei!! Pena que o Porto fica um "pouquinho" longe! Beijos, Deia.

Pedrasnuas disse...

APESAR DA INFORMAÇÃO QUE SE MOBILIZA POR AÍ AOS QUATRO CANTOS DO MUNDO,AINDA HÁ GENTE SEM VERGONHA NA CARA,SEM CIVISMO...PARECE INCRÍVEL...É TÃO FÁCIL RECICLAR...É TÃO FÁCIL COLOCAR OS RESÍDUOS NOS CONTENTORES CORRECTOS QUE NÃO ENTENDO MUITAS ATITUDES QUE ABUNDAM POR AÍ...ENFIM...

RECICLAR É APOSTAR NUM FUTURO MAIS LIMPO,MAIS SAUDÁVEL PARA TODOS...

BEM HAJAM AS INICIATIVAS DESSE GÉNERO

BEIJINHO QUERIDA MANÚ

Valéria Sorohan disse...

Nos dias de hoje, esse é o caminho que todos devem seguir. E não só nas indústrias, temos o dever de reciclar no nosso lar, gastar menos, aproveitar mais. Eu faço isso, só ainda não consegui me desfazer das sacolinhas plásticas. Essa ainda é a minha única incorreção ecológica.

BeijooO*

manuel marques disse...

Uma boa iniciativa.

Beijo.

Fatima disse...

Vc sabia Manu, que a cidade onde eu moro é uma das poucas que tem coleta seletiva aqui no Brasil?
Ótimo post!
bjs.

Nilce disse...

Oi, Manu

O trabalho de reciclagem é muito importante.
Aqui no sul do Brasil já temos há mais de 15 anos a reciclagem do lixo doméstico e há cidades como Curitiba e região metropolitana, e muitas outras do interior que têm mais de 60% do seu lixo reciclado.
Bela iniciativa.

Bjs no coração!

Nilce

Sandra Botelho disse...

PRECISAMOS DE AÇÕES ASSIM , SENÃO LOGO NOSSO PLANETA NÃO SUPORTARÁ MAIS.
bJOS ACHOCOLATADOS QUERIDA E TENHA UM LINDO FINAL DE SEMANA

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

Eu não tinha visto esse post.
Aqui, onde moro, recicla-se tudo. Até mesmo comida que sobra (bem, aqui em casa é dificil rs...mas vc leva ao serviço de coleta os produtos organicos, que virarão adubo).

Qdo a gente compra eletrônico novo, a loja aceita o seu aparelho antigo e dá desconto.
Mas o Japão está em uma campanha para não reciclar! Pode parecer estranho, mas é para evitar a necessidade de reciclagem. Por exemplo: usar uma garrafa plástica para água e recarregar o líquido, em vez de adquirir garrafas pet. E usar apenas pilhas recarregáveis, cortar o descartável e assim vai.

não vai ter jeito. a humanidade vai ter que aprender a reciclar. se não for pelo amor ao planeta, será pela dor.

Carlos Ribeiro disse...

Em se tratando de reciclagem - especialmente do lixo eletrônico - o Brasil caminha a passos largos...

rumo ao caos! É lamentável perceber que as iniciativas por aqui estão muito aquém das necessidades!

Consciência ambiental é uma questão de sobrevivência, mas poucos se dão conta disso.

Parabéns por abordar este tema!