«Através da violência pode matar um assassino, mas não o assassinato.

Através da violência pode matar um mentiroso, mas não a mentira.

Através da violência pode matar uma pessoa odiosa, mas não o ódio.

A ESCURIDÃO NÃO PODE EXTINGUIR A ESCURIDÃO. SÓ A LUZ O PODE FAZER.»

MARTIN LUTHER KING




segunda-feira, 22 de novembro de 2010

YOKOSOO JAPAN WEEK

A Japan Week é um evento organizado anualmente numa cidade do mundo. A primeira Japan Week decorreu em Florença em 1986. Em 2010, ano em que se comemoram os 150 Anos da Assinatura do Tratado de Amizade Portugal-Japão, o Porto foi a cidade escolhida pela organização japonesa para a realização deste grande evento de celebração da cultura nipónica durante cinco dias.

(Nagasaki está desde 1978 geminada com o Porto)


A Abertura ocorreu no Pavilhão Rosa Mota e jardins.
Grupo de Espingardas de Tanegashima"



Portugal foi o país que levou as espingardas para o Japão, os cidadãos de Tanegashima formaram um grupo para a Preservação da Espingarda de Tanegashima, com idades que variam entre os 11 e os 84 anos.




















Instituto de Armas Antigas do Distrito de Aichi - Unidade de Espingardas de Nagashino Sitaragahara"



A espingarda foi levada de Portugal para o Japão para a ilha de Tanegashima há 467 anos, em 1543. Em 1575, ocorreu uma grande batalha na qual foram utilizadas mais de 3000 espingardas no distrito de Aichi. Diz-se que esta foi a primeira batalha no mundo com uma estratégia militar baseada no recurso às espingardas.


 Unidade de Espingardas do Castelo de Okayama - Bishu"



A Unidade de Espingardas do Castelo de Okayama é uma unidade de artilharia com 35 elementos, sendo herdeira da artilharia antiga da escola Fujioka. Foi formada em 1983 e faz regularmente demonstrações da artilharia antiga , bem como exposições e conferências sobre armas antigas



 
Associação de Preservação da Artilharia Antiga do Feudo de Yonezawa"



Kenshin Uesugi, samurai fundador do feudo de Yonezawa, ficou conhecido pela grande vitória na batalha de Kawanakajima, famosa na história japonesa, utilizando as armas de fogo. Preservando o antigo estilo da artilharia do Japão, a associação foi fundada em 1961 para transmitir este aspecto da cultura tradicional japonesa.


 
 



Hamamatsu Hanachochin"



As Chindon-yas eram um tipo de banda composta por músicos, com disfarces apelativos, que existiam no Japão para fazer publicidade nas ruas e divertir o público.


 

Grupo de Tambores Sadasusa"



O Grupo de Tambores Sadasusa é constituído por 35 membros. Apresentam a cultura japonesa através dos tambores, executando obras musicais baseadas em episódios da mitologia da região de Izumo, ou canções tradicionais da plantação do arroz.


 

"Brass Band da Escola Secundária de Nagasaki Higashi"



Orquestra de sopros que tem como lema "O som tem vida". O seu objectivo é tocar música que emocione as pessoas.


 

OUTRAS EVENTOS:



GALERIA DO PALÁCIO


"Shikari - Atelier de tingimento natural"


O tingimento de tecidos utilizando plantas e minerais naturais existiu desde tempos pré-históricos. Este atelier estará no Porto para recordar as técnicas do tingimento natural, utilizadas pelos nossos antepassados. Serão reproduzidas cores tipicamente japonesas com recursos da terra e em harmonia com o ambiente, numa filosofia de sustentabilidade.


"Escola Shoto - Arranjos Florais (Ikebana)"


Exposições florais temáticas, criando ambientes únicos e artísticos através da mistura das flores típicas do Japão, naturais e artificiais. O estilo "Shin Bunjin Ka", de forma simples mas com forte presença, também caracteriza esta escola. Pretendem partilhar com o público sentimentos de paz, riqueza e alegria espirituais através das flores.


"Associação de Caligrafia da Universidade de Waseda"


É o único clube oficial de caligrafia da Universidade de Waseda, em Tóquio, e tem mais de 60 anos de tradição.


Colecção de ilustração e poesia de Kyoto Miyama"


Apresentação de ilustrações que dão vida a palavras descontraídas do quotidiano. A sensibilidade nipónica será apresentada num universo reduzido. Um conjunto de obras emotivas, que aquecem o coração.


"Restaurante macrobiótico YoBoSo"


Oferece a cozinha macrobiótica genuína, livre de aditivos e saudável, em que todos os ingredientes são caseiros, dos temperos até aos frutos do mar naturais, os legumes e as frutas biológicas. A técnica "mukimono" consiste em transformar os legumes em verdadeiras esculturas, torná-los na flor ou no animal que acompanha os pratos da culinária japonesa.


Atsuko Kitamura - One point art"

Arte mural, a partir da arte milenar do embutido em esmalte (cloisonné).
Associação de Arranjos Florais Japoneses de Nagasaki"


"Academia Geral SEO - Cerimónia do Chá"


Estilo Urasenke, uma das escolas mais antigas e famosas da cerimónia do chá.


Segundo a tradição nipónica, a cerimónia do chá é um ritual que deve ser cumprido com boa vontade e simplicidade. No Japão, os convidados devem chegar antecipadamente para se proceder à cerimónia. São sentados numa sala pequena e simples, "desligados" da agitação do quotidiano, com roupas discretas e um ambiente que apela à paz de espírito. Participar nesta cerimónia é fazer uma aprendizagem fundamental sobre a cultura japonesa.


Escola Seifu - Ritual do Sencha"


Arte universal de receber bem os convidados e preparar o espaço da cerimónia de acordo com a estação do ano.


Museu Nacional Soares dos Reis
Japão "Art-cross Co."- Exposição

Nesta exposição, serão expostas 100 obras de pintura japonesa, pintura-Suiboku, pintura ocidental, caligrafia e artesanato.

Biombos Namban e objectos relacionados com o chá nas colecções do Museu, palestra sobre " História de Chá nos Açores ", degustação e informações sobre o chá Gorreana.

Teatro - A "Árvore e "O Espelho" - dois contos Japoneses de Sophia de Mello Breyner

GRANDE AUDITÓRIO DO RIVOLI - Cinco dias de espectáculos variados. 

9 comentários:

Fatima disse...

Muito interessante Manù!
bjs.

Bordados e Retalhos disse...

É a festa da memória e da história. Adorei, Bjs

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

Oi Manu!
Que legal!
Que bacana essa semana de cultura japonesa no Porto!

Sabe, em Nagasaki sempre há eventos de cultura portuguesa. Porque em Nagasaki a cultura portuguesa marca presença com mais força e muitos símbolos fortes da cultura japonesa (fogos de artifício, certos alimentos e tradições antigas - bolo castella, cartas "karuta" e religião católica, entre tantas outras coisas) foram trazidos por Portugal.

Olha aqui uns pedaços de Portugal no Japão, fotos de Tokyo
http://lostinjapan.portalnippon.com/2010/04/revolucao-cravos-japao-fado.html


essa batalha de armas, é sempre refeita todos os anos no Festival Tokugawa aqui em Aichi, província que moro.
olha ela aqui!
http://lostinjapan.portalnippon.com/2010/04/em-dias-de-cerejeiras-em-flor-o-japao.html

Portugal é o país estrangeiro que mais influência teve no passado do Japão, o único país que conseguiu deixar marcas no tempo que o Japão era fechado culturalmente e comercialmente ao mundo.

Bom dia e boa semana! bjs

Beth/Lilás disse...

Amiga Manú!
Ontem eu assistia ao Canal RTP lá em minha casa na serra e vi sobre este maravilhoso evento aí no Porto.
Aliás, como tem eventos bacanas em sua cidade. Parece-me que o Porto hoje em dia está dando de 10 a zero em Lisboa nos eventos culturais.
Quero morar aí!!! kkkkk
beijinhos e bom dia!

Nilce disse...

Interessante Manu.
Não sabia nada desta parte da história e gostei muito de saber.
As fotos estão ótimas.
LIGHT também é Cultura.

Bjs no coração!

Nilce

Valéria Sorohan disse...

Gosto muito da cultura japonesa.
Não sabia dessa relação Portugal Japão. Bacana saber!

BeijooO'

manuel marques disse...

Parabéns á Invicta por acolher este excelento evento.

Beijos.

Laura disse...

Eh adoro aprender a tingir tecidos ou roupas, é um must e algo que sempre adorei...pena não ter visto

Não te esqueças que daqui nada os chinas vão ficar com a nossa terra senão pagarmos a divida, eh lá, vai ser canja não vai?

Um xi d alaura

Brown Eyes disse...

Manuela as coisas que tu descobres para nos dares informação. Beijinhos