«Através da violência pode matar um assassino, mas não o assassinato.

Através da violência pode matar um mentiroso, mas não a mentira.

Através da violência pode matar uma pessoa odiosa, mas não o ódio.

A ESCURIDÃO NÃO PODE EXTINGUIR A ESCURIDÃO. SÓ A LUZ O PODE FAZER.»

MARTIN LUTHER KING




terça-feira, 14 de setembro de 2010

FACEBOOK


Aquela pieguice do Facebook: queres ser meu amigo? Irrita-me à brava! Pessoas que eu não conheço, de parte nenhuma, lá mandam o convite, queres ser meu amigo? Depois há quem tenha amigos à barda! Amigos? A amizade está de tal modo vulgarizada, que eu já nem sei o que é a amizade!..A amizade pode ser um sorriso e um abraço, pode ser…mas pela internet é inviável! A amizade tornou-se de facto mesmo muito virtual!?...As afinidades contam, mas virtualmente tudo também pode ser uma mentira, é preciso quebrar a solidão, é preciso ter aquela ideia que se tem falta de tempo, por tantos amigos que se tem. Iludir-nos é o nosso fanatismo!
Estou no Facebook e não estou, escondo-me atrás de um nome falso, porque não confio absolutamente em nada. Aliás eu só entrei no facebook, por pressão dos meus filhos e da família, para saber o que era aquilo e por lá pouco apareço! Posso contactar com a família e com amigos, pegando num telefone e falando directamente, também posso mandar-lhes um mail. Há quem diga que aí se encontra muita gente que se cruzou connosco, Já tenho reencontrado pessoas no mundo real e nem me lembro dos nomes, porque aquelas que realmente foram importantes, eu sei como contactar com elas. Há também a hipótese dizem, de arranjar amigos, mas lá está, isso é um tiro no escuro!.. FACEBOOK É ESTAR IN?

15 comentários:

Brown Eyes disse...

Manuela concordo contigo a 100%, nunca vi motivos para achar esses sites importantes, sites onde tudo é virtual, até a quinta (há por lá uma quinta virtual, não é? Há quem diga que por lá se consegue resolver muitos problemas, até arranjar emprego, eu diria que por lá se podem arranjar muitos problemas se acreditarmos no virtual cegamente. Quem não gosta de sonhar? Eu gosto mas sonhar, ou melhor planear, com desejos meus, com metas a cumprir, com objectivos a conseguir. Sonhar que sou muito conhecida, muito desejada porque consegui grande número de amigos desconhecidos, que a maior parte das vezes nada têm de real, nem o nome, não me interessa. Estes sites dão-nos a certeza de que este mundo está cada vez mais fútil e com menos sumo. Beijinhos

Valéria Sorohan disse...

Sites de relacionamento nunca me interessou.

BeijooO*

Renata disse...

é sim muito engraçado essa história das amizades virtuais...rsss...atualmente não estou dando conta nem do meu mundo real...
Só pra exemplificar essa historia de Orkut, Facebook, minha filha outro dia fez uma prova de seleção, e os selecionados foram avisados através do Orkut...aí ela ficou com muita raiva, com toda razão, pois, se a pessoa não faz parte de uma dessas redes sociais, nem nunca ficaria sabendo do tal resultado...é demais não é?

Tati Pastorello disse...

hehehe
Oi Manú, eu também tenho facebook e twitter, e não sei usar nenhum dos dois. Vejo que no facebook as pessoas passam tempo demais naqueles joguinhos, e acho tão empobrecedor...
Agora, eu sei o que é amizade. Amizade virtual pode não dar abraço apertado, mas uma força como esta que me deu aí do lado, é coisa que só um amigo é capaz de fazer! Obrigada amiga querida! Sem palavras... Um grande beijo emocionado.

Chica disse...

Se é estou fora do mundo! rsrss ...


Entrei tempos atrás no twitter e saílogi,me assustei com tanta mensagem de desconhecidos!

Um lindo dia,beijos,chica

Maria Josefa Paias disse...

.
Querida Manuela,

Como, por vezes, respondo a pedidos de amigos para adicionar outros "amigos", se quiser partilhar comigo, através de mail, o seu pseudónimo no Fb, creio que será a melhor maneira de não a contactar por lá e, assim, não a incomodar, uma vez que respeito a sua posição.

Beijinhos :))

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

Ainda bem que em Portugal não "pegou" uma praga ainda pior: orkut.

Fatima disse...

E eu achando que era só eu que pensava assim!
Bjs.

Isadora disse...

Manuela, entendo a sua colocação, mas acho que de alguma forma as redes sociais ajudam, a que encontremos pessoas que não vemos já a bom tempo. Reencontrei com muitos amigos que estudaram comigo e que eu havia perdido contato e hoje, são amigos reais e não virtuais.
Existe também os inconevientes, é verdade.
Um beijo

Maria Teresa disse...

Manuela:
Não sei se considero ESTAR IN. Também acabei caindo lá por acaso, mas não tenho absolutamente tempo para me dedicar às "amizades" que me são conferidas. Sinal dos tempos? Sinal no mínimo estranho, pois também prefiro ouvir vozes e enxergar caras ao vivo.
Bjos

Cantinho da Cê disse...

Bom dia Manu,

Aqui no Brasil o Facebook não pegou muito, usamos mais o Orkut, mas você tem razão, amizades verdadeiras não se cultivam assim...é preciso muito mais...

Tenha um belo dia,

Cris França disse...

Eu saí do Facebook... tava muito desconectado de mim, com ressalva a uma ou duas pessos, não me adaptei. bjs querida.

Pedrasnuas disse...

CONCORDO INTEIRAMENTE COM O QUE AFIRMAS E AS CRÍTICAS QUE TECES EM RELAÇÃO AO FACE...TAMBÉM JÁ ANDEI POR LÁ...MAS PERDI A PACIÊNCIA...É TUDO MUITO COMPETITIVO...É SIM UMA MODA...APENAS ISSO ,UMA MODA, EM QUE TODOS ACHAM GIRO TER UM PERFIL E ATÉ ANDA POR LÁ GENTE FAMOSA...ALGUNS ATÉ SE LEVANTAM A MEIO DA NOITE PARA TOMAR CONTA DA QUINTA...UMA HERDADE QUE É VIRTUAL...ENFIM...

TAMBÉM CHEGUEI LÁ POR CONVITE E INSISTÊNCIA DE COLEGAS...MAS HONESTAMENTE A MIM NÃO ME DIZ NADA. ALI, FAZEM-SE AMIGOS QUE NUNCA DIZEM UMA PALAVRA...

MAS ESTA É A NOSSA SOCIEDADE QUE POR MUITOS FACES INVENTADOS SENTE-SE SÓ ...PORQUE SERÁ?

BEIJINHOS MEUS

elisabete disse...

Se nem a olhar olhos nos olhos,muitas vezes conseguimos vêr os verdadeiros amigos como é possível encontrá-los "virtualmemte"

Nilce disse...

Oi, Manu

Fiz o meu perfil no tal do FACEBOOK, mas se eu te contar que nunca mais fui lá. Vivo recebendo e-mail de pedidos de novos amigos e apago sem nem ler.
Em compensação com o blog está sendo tão diferente. Tenho amado estar por aqui.

Bjs no coração!

Nilce