«Através da violência pode matar um assassino, mas não o assassinato.

Através da violência pode matar um mentiroso, mas não a mentira.

Através da violência pode matar uma pessoa odiosa, mas não o ódio.

A ESCURIDÃO NÃO PODE EXTINGUIR A ESCURIDÃO. SÓ A LUZ O PODE FAZER.»

MARTIN LUTHER KING




domingo, 11 de julho de 2010

MAS QUE NEURA...


Não tenho nenhum interesse pela leitura dos jornais do dia-a-dia, todos os dias a mesma coisa: crianças violentadas, crianças que morreram por negligência, mulheres mortas pelos companheiros, pessoas de idade roubadas e agredidas, acidentes, discussões, pancadaria, droga, roubos de tudo e mais alguma coisa…Quando se lê, vem o «folclore» do costume, «porque o vizinho disse, porque a amiga disse, o dono do talho, o empregado do café»…mas que me interessa o que eles dizem…o que me interessa estes folhetins tão deprimentes? Não interessa nada o julgamento do «disse, disse»! (Mesmo método na televisão)
Eu gostava de ler jornais, onde a informação, fosse complementada com opiniões de especialistas, que fossem mobilizados pelos conhecimentos e não pelos interesses, então conforme a matéria, poderíamos ter a opinião de psicólogos, sociólogos, filósofos…que evidentemente não falassem só para a «tribo», mas que tivessem uma linguagem compreensível, todos ganhariam em ter conhecimentos mais aprofundados, sobre esta complexa sociedade em que se vive! («O Público«, aproxima-se mais do que eu gosto).
Os Semanários, deixei de comprar, fui compradora assídua de «O Jornal», (já extinto) e do «Expresso», mas enchi-me com a guerra de vendas entre os mesmos, principalmente quando apareceu «O Sol».
Revistas, às vezes «A Sábado», outras vezes «A Visão», a maior parte das vezes, nem devia ter comprado!
Por vezes o jornalista é demasiado opinador e a ele cabe apenas a função de informar, para além disso tem limites, não é um sábio que sabe de tudo! Isso acontece muito a nível dos articulistas e comentadores, são uns polivalentes e escrevem sobre qualquer tema, sobre um filme, sobre uma manifestação, sobre o PEC, sobre futebol, sobre a EU, sobre a Guerra no Iraque…
Sinto-me desinformada de uma forma geral e confusa!...
Hoje, acordei com neura, dormi demais ou de menos? Nem sei por onde andei, nunca me lembro dos sonhos!..Está um dia de sol e eu nem me apetece sair de casa!...Domingo é o dia da fila, não digo «bicha», por causa das más interpretações...

14 comentários:

Chica disse...

Com tantas notícias que nos horrorisam é melhor muitas vezes, nem lê-las.beijos,lindo domingo!chica

Tati Pastorello disse...

Hehehe Bom dia, Manú!
Aqui no Brasil não é diferente. Os jornais vivem de fofocas, escândalos e umas promoções de juntar selinhos para trocar por livros, brinquedos e etc. Um circo! Faz tempo que não os compro. Quando preciso, para limpar janelas, por exemplo, peço ao porteiro, que me arranja alguns!
Beijos

Maria Josefa Paias disse...

.
Por mim, e para acentuar a minha, socorri-me do "meu" Bernardo Soares sobre "como a ideia de viajar o nauseia"; (a ele e a mim)!

Espero que o dia de amanhã seja completamente diferente e, já agora, o seu também :)

Beijinho.

Maria Ribeiro disse...

Minha querida Manuela FREITAS: os jornais, hoje, vivem uma guerra contínua entre as "verdades" e as "mentiras", para ver quem vende mais ; e vale tudo: a mentira, a pouca vergonha, o enxovalho de personalidades...eu sei lá que mais! Como escrevo artigos de opinião para jornais locais, sou foeçada a comprar um pelo menos, porque outros, leio-os, on line. Mas esse é um momento de irritação temporário, que a MANU sofreu ,hoje!
TEnha calma. oiça uma música de que goste e faça, se puder, como eu, que vou deitar-me um bocadinho no sofá, à espera de ver a Final do MUNDIAL...
BEIJINHOS, minha amiga!
Mª ELISA

Isadora disse...

Minha amiga Manuela, por favoe, não há o que se desculpar. A vida está corrida mesmo e nem sempre conseguimos passar para dar um olá. Fique tranquila mesmo.
Há tempos que não tenho ânimo para os noticiários. Só lemos coisas ruins. É tanta desgraça eu às vezes fico assim, meio por fora do que está acontecendo. Fora os casos mais escandalosos que não temos como fugir, pois estão em todos os lugares.
Um beijo e bom domingo

pensandoemfamilia disse...

Olá

Concordo com vc em relação aos noticiários, repetitivos e com interesse nas vendas.
Mas quanto ao domingo, deixo-me ir ao sol caminhar, ver o mar e repirar o ar.
bjs

orvalho do ceu disse...

Olá,
A mídia, de fato, está ocupada com o Marketing, muitas vezes, não mais... sabemos bem disto...
Deixei muito tempo de ver noticiários... mas agora retomei, prefiro ficar ciente e ter o que apresentar à mente como proposta de mudança a medida do meu possível.
Mas são fases... tive a minha de silêncio também e rejeição (por impossibilidade mesmo) do sangue que jorra nos meios de comunicação social... Pena!
Por outro lado, vamos fazendo o bem pouco a pouco, com discrição, que sairemos vitoriosos...
Não há mal que dure para sempre.
Abraços fraternais e serenidade pra vc e seus entes queridos.

Crica Viegas disse...

Oi querida
Concordo e concordo com sua opinião
Mas quanto ao domingo de sol, nada como um bom passeio né
bjs

Eliana Pessoa disse...

oi manú a tempos ñ leio jornais, nem vejo na tv so tem noticias ruins e muitas fofocas!
prefiro ler um bom livro!
Beijo um bom começo de semana!

manuel marques disse...

Infelizmente a maioria dos jornalista só "escrevem para quem lhes paga".A guerra de quem vende mais, leva ao sensacionalismo , num país de iletrados a manipulação é fácil.

Neura querida amiga, quem não as tem de vez enquando?

Beijo.

Manuela Araújo disse...

Olá
Hoje venho aqui agradecer-lhe por ser parte activa do blogue Sustentabilidade é Acção, onde é uma das 10 pessoas que mais tem comentado (dos últimos 500 comentários)

Obrigada e um beijinho

Teresinha Ferreira disse...

Olá, como vai?
Concordo contigo. Compro e só leio coisas que me agradam.
São tantas notícias ruins que fico chocada.
Fique bem...
ótima semana.
Bjs mil

Maria disse...

Quando tinha neuras punha-me debaixo de um duche de água fria. O grito fazia passar a neura...
Agora não tenho. Não leio jornais. Para não me incomodar. Mas oiço as notícias todas...

:)))

Beijo, Manuela.

Beth/Lilás disse...

Ola, Manuela!
Sabemos e filtramos o máximo possível sobre tantas notícias horrosas e que só servem para nos derrubar o espírito.
O problema é que mesmo não lendo jornais ou vendo noticiários pela tv, somos bombardeados por todos os lados hoje em dia, até mesmo se pararmos os olhos numa banca de revistas. A mídia, principalmente a brasileira, tem-se aproveitado de um modo perverso sobre a sociedade e isso só leva a desânimo e descrença no humano.
tenha uma linda semaninha e beijos cariocas