«Através da violência pode matar um assassino, mas não o assassinato.

Através da violência pode matar um mentiroso, mas não a mentira.

Através da violência pode matar uma pessoa odiosa, mas não o ódio.

A ESCURIDÃO NÃO PODE EXTINGUIR A ESCURIDÃO. SÓ A LUZ O PODE FAZER.»

MARTIN LUTHER KING




quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

WORTEN SEMPRE!...

A DECO, da qual eu sou sócia, defende os direitos dos compradores e é bem útil nos tempos de hoje, em que onde menos se espera, somos ludibriados. Eu já devia ter aprendido a não comprar nada na Worten ou ter o cuidado de guardar todas as papeladas, para depois poder reclamar.
A primeira vigarice que sofri desta empresa, foi na compra de um portátil, escolhi o modelo, que estava em mostra e depois o empregado lá foi buscar um numa caixinha, toda selada, com fita, plástico e tudo o mais. Chego a casa e a minha filha, quis ver, desembrulhou tudo, tirou os plásticos que envolviam o aparelho, ligou e:« mãe o computador está cheio de documentos e pastas com fotografias!... No dia seguinte lá fui reclamar, antes telefonei à DECO, que me disse para pedir o LIVRO DE RECLAMAÇÔES! Foi o que fiz, e depois de muitos falsos argumentos, lá fui compensada!

A situação presente também é bem caricata, em princípios de Janeiro comprei lá um anti-vírus, porque o meu ia caducar, mas como ainda tinha uns dias e confiando sempre, que é um dos meus defeitos, arrumei a caixa sem a abrir e rasguei a factura, há dois dias quando ia meter o anti-vírus, aparecia o quadradinho a dizer que a licença de activação estava extinta e eu teimava, teimava...e a cabeça latejava, até que olho para a caixa, onde vinha o cd e na caixa dizia versão 2010 e no cd a data indicada era 2009!?...Fui à empresa, expôr a situação, claro que já tinham decorrido 0s 15 dias para esse efeito, não tinha a factura, mas fui ao banco pedir uma conta corrente, para lhes mostrar que tinha comprado lá.
Resultado, fui muito mal recebida pelos funcionários, porque é aquele género um passa a outro. Consideraram a situação insólita e não crível, insinuaram quase que era MENTIROSA e vigarista,
porque não me dizendo, deviam ter pensado «esta um amigo deu-lhe uma caixa de 2010 e ela vem cá com o cd que tinha de 2009, para levar um de borla!!! Passei-me!..E disse-lhe: «está a querer chamar-me mentirosa?» -Ah não, de modo nenhum!...
Voltei a pedir o LIVRO DE RECLAMAÇÕES, o funcionário ausentou-se por um tempo e depois veio sorridente e disse-me que iam verificar pela data da conta-corrente do banco, a minha compra, para poderem reclamar ao fornecedor, ficou com o nº. do telemóvel e depois me diria alguma coisa.
Ao princípio da noite telefona a dizer que não tinha encontrado nenhuma verba, no dia indicado da compra do anti-vírus! Pode ser? Disse-me depois para me deslocar lá o que ainda não fiz. Será que duvidam das contas-correntes do Banco?
Este assunto mesquinho, tem-me «esfrangalhado» os nervos!..
Possivelmente vou comprar outro anti-vírus, não lá é evidente, mas deixarei a minha marca no LIVRO DE RECLAMAÇÕES!
E ficará lá, depois de exposta a situação: SINTO-ME LUDIBRIADA POR UMA EMPRESA QUE NÃO É CONFIÁVEL...

AVISO, mas esperando que não sejam tão ingénuos como eu, em qualquer compra feita, vejam a tempo se o que compraram está conforme, não deitem as facturas fora, reclamem no prazo estabelecido e se sentirem com razão peçam o LIVRO DE RECLAMAÇÕES!...

ENTRETANTO FICO EM «STAND-BY»...

6 comentários:

Sandra Botelho disse...

Amiga tem brincadeira para vc no meu blog. mas sinta-se a vontade para não brincar caso não queira tá?
Bjokas

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Consumidor prevenido vale por dois...

Carlos Albuquerque disse...

Já me sucedeu o mesmo com essa empresa (na compra de TV LCD), que é do pior que tenho visto em serviço de apoio ao cliente, pós-vendas.
Noutra vinda, falar-lhe-ei do tal PC que trato com ben-u-ron! :)
Agora, se permite, sugiro-lhe que não compre qualquer anti-vírus. Os softwares que adquirimos são, na generalidade, mesmo das marcas ditas conceituadas, portadores de problemas, chegando mesmo a desestabilizar os sistemas operativos que tenhamos instalados nos nossos PCs, para além da obrigatoriedade de renovarmos licenças, pagando.
Há uns anos desinstalei todos os anti- vírus dos meus computadores (fixos e portátil), o mesmo fizeram os meus filhos e amigos a que aconselhei tal procedimento.
Instalámos, então, um que se chama AVAST! (Home Edition). Pode fazer-se o download pela Net (basta digitar AVAST! no Google). Depois é só instalá-lo, seguindo as indicações. É gratuito, apenas exige uma chave, que pode, na sequência da instalação,ser pedida de imediato, chegando-nos, via e-mail, instantes depois. A chave é renovada todos os anos, gratuitamente. É óptimo, funciona muito bem, com actualizações automáticas constantes. Nos Estados Unidos foi considerado o melhor anti-vírus para uso particular, como é o nosso caso. O produto é fabricado na República checa, tendo, também, uma versão profissional destinada a empresas, esta paga. Experimente!
Bjs

Tetê disse...

Oi Manuela! É um tormento fazer reclamações... Aqui tem uma loja de departamentos na qual eu não compro mais, nem que esteja com preço mínimo. A gente não pode verificar os artigos (eletros domésticos, eletrônicos, louças...)na loja, antes da compra. Tem que pagar, trazer para casa lacrado, abrir e... voltar lá prá reclamar! Não tem uma só peça que comprei lá que não precisei reclamar! Aí devolve e eles não tem igual para repor e a gente tem que ficar com um parecido! Eu só compro onde posso ver, revirar, revistar e aprovar! Sucesso com o seu anti-virus! Bjks e bom carnaval! Tetê - Livre Pensamento

Regina disse...

Ô, Manú, que chato isso!... Já passei por situações assim também e sei como é revoltante!...

O jeito é a gente ficar bem atento mesmo pra não cair nos mesmos erros...

Um grande beijo!!

Elaine Barnes disse...

Acho que sempre o povo é quem paga pelos erros das empresas,o prejuízo cai sempre pra gente.É bom reclamar sempre e lutar pelos direitos de consumidores para mostar que não somos trouxas,mas, quase nunca adianta,acabamos ficando mais nervosos e irritados com o descaso que somos tratados. Montão de bjs e abraços