«Através da violência pode matar um assassino, mas não o assassinato.

Através da violência pode matar um mentiroso, mas não a mentira.

Através da violência pode matar uma pessoa odiosa, mas não o ódio.

A ESCURIDÃO NÃO PODE EXTINGUIR A ESCURIDÃO. SÓ A LUZ O PODE FAZER.»

MARTIN LUTHER KING




segunda-feira, 1 de março de 2010

I AM SORRY - MARYLIN MONROE



O meu canal preferido na televisão é o canal 2. Ontem passou um documentário muito interessante sobre Marylin e ouvi esta canção, que me trouxe lembranças boas.
A dúvida persiste, Marylin suicidou-se ou foi-lhe dada a dose fatal que a vitimou? Razões havia muitas, principalmente o seu envolvimento com os irmãos Kennedy!...

5 comentários:

Elaine Barnes disse...

Engraçado,ontem citei a Marilyn como sensualidade nata.Estávamos aqui confabulando sobre sensualidade e vulgaridade numa reunião de blogueiras aqui na minha casa. Vieram a Geisa,a maria Bonfá e a Sandra Botelho. Muito gostoso, não assisti,mas, Marilyn foi lembrada. Montão de bjs e abraços

manuel marques disse...

"Eu sabia que eu pertencia ao público e ao mundo, não pelo fato de ser talentosa ou até mesmo bonita, mas porque eu nunca pertenci a nada ou a ninguém"

Marilyn Monroe.

Beijos.

Glorinha L de Lion disse...

Sei lá...muito estranha sua morte, mas não sei...ela era meio doida, né?
E, principalmente carente demais...vai ver se matou mesmo...
Pobre Marilyn...
Bjs

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Creio que é um mistério que ficará para sempre por desvendar. Por isso vai figurar na minha galeria de Março

Memória de Elefante disse...

Existem pessoas que não estão preparadas para a fama, muitos de nossos grandes ídolos acabam tendo uma carreira meteórica e saindo de cena precocemente. Infelizmente não conseguem admnistrar e acabam pagando um preço alto com a própria vida.

Ótimo vídeo!Ótimo relembrar...

Um beijo