«Através da violência pode matar um assassino, mas não o assassinato.

Através da violência pode matar um mentiroso, mas não a mentira.

Através da violência pode matar uma pessoa odiosa, mas não o ódio.

A ESCURIDÃO NÃO PODE EXTINGUIR A ESCURIDÃO. SÓ A LUZ O PODE FAZER.»

MARTIN LUTHER KING




sexta-feira, 21 de maio de 2010

JÁ APETECE PRAIA...

Que onda de calor veio assim de repente… 30º! Na semana passada, quase se batia o dente! Para domingo o IM anuncia chuva, que tempo de doidos! Vivendo muito perto do mar, ontem vesti o fato de banho e fui à praia. Primeiro estive na esplanada, depois apeteceu-me ir até à areia, ainda fui até à água, mas a temperatura da água parecia estar a 0º! Deitei-me para ler, de um momento para o outro o vento Leste que já se fazia sentir alguma coisa, foi aumentando, aumentando, que tive que me vir embora, enfim já tinha aquela areia fininha por tudo quanto era sítio, colava-se à cara e ao corpo, alojava-se dentro das orelhas! Quando cheguei a casa perguntaram-me: que tal a praia? Apanhei um rico banho de areia!..De tarde parou o vento e estava um calorão!
Gosto de praia, adoro o mar desde miúda e vou aproveitando por aqui, antes de chegar o tempo das «Invasões Bárbaras»! Ir para a praia e quase colar a minha toalha à dos parceiros do lado, ir dar um mergulho e querer regressar e, naquela imensidão de gente não saber onde é o meu sítio, levar um livro para ler e não me conseguir concentrar com a conversa ao lado ou com alguém sempre a chamar por uma criança…não, assim não!.. Gostando muito de praia, prefiro nem ir à praia!
Contrariando às vezes quem me acompanha, sou capaz de andar um bom pedaço para ir para uma praia menos acessível, mas depois lá vêem as queixas: apetecia-me tomar um café, comer um gelado…não há aqui nada!..E lá me chamam ESQUISITA!..
Há pessoas que gostam de se levantar cedo para ir para a praia, como se tivessem relógio de ponto, de estar horas e horas na praia, até o dia todo, de levarem a «mobília» (guarda-sol, tapa vento, cadeiras…) atrás de si…não, as minhas idas à praia, têm uma duração limitada. Chego à praia vou até ao mar, as águas por aqui são frias é preciso preparar o corpo, para poder dar um mergulho, assim passeio de um lado para o outro, vou-me molhando, demoro o tempo que for necessário, até conseguir dar um mergulho, dois ou três…e nadar. Depois é que vou para a toalha, para secar. Depois de seca venho embora! O sol cansa-me, o que desejo é vir tomar um duche e, ficar a relaxar!..

12 comentários:

Barbie Girl disse...

Menina...

Eu moro em frente á praia e tenho pavor, primeiro que uma praia boa tem que ser as ocêanicas e me irrita extremamente, entrar na água e sair com areia grudando no meu corpo, sou mais uma piscina. hhehehe

bom fim de semana! bjks

Bordados e Retalhos disse...

Amiga aqui o mar não está para a praia. Elas só ficam cheias mesmo quando o sol está de lascar. Mas sou v]como vc detesto ficar na praia a vida toda. Gosto de um pouco de sol e depois sentar num lugar de sombra, tomar uma cerveja, comer peixinho frito e então voltar pra casa renovada. bjs

Sandra Botelho disse...

Amiga que delicia aqui está frio.
Mas sou como você praia pra mim não passa de duas horas...Me cansa e enjoa alem do mais começo a ficar cheia de areia e isso me irrita.
mas curta o calorzinho ai viu?
Bjos achocolatados em seu doce coração

manuel marques disse...

A praia seria o melhor lugar do mundo; não fosse a areia e o sol.
Mas; o mar tranquiliza-me,faz-me sonhar.Adoro a praia ao pôr do sol e ao amanhecer,neste periodo os odores da maresia são mais intensos.

Beijo.

direitinho disse...

Se o calor que esteve por aqui se também se fez sentir na praia então foi um dia espectacular.
Quando gostava de praia não me deixavam e agora gosto mais da sombra do pinheiros.
O ar do pinhal cura muita coisa.

manuel afonso disse...

Que inveja desse primeiro dia de praia, apesar do vento. E digo apesar, pois o que mais me irrita na praia é o vento. Claro que as enchentes, tudo a correr e falar, as crianças aos gritos, a ausência de espaço me afastam bem para longe.

Eliana Pessoa disse...

MANÚ EU DETESTO VENTO ,AREIA E AGUA FRIA PORTANTO Ñ GOSTO DE PRAIA!
GOSTO DO CAMPO E DE ANIMAIS LUGARES SEM MUITA GENTE SEM BARULHO!
AMO O SILÊNCIO A NATUREZA!
BJIM

Memória de Elefante disse...

Sinto que com a praia tão perto tens de passar por tudo isso!
Melhor para aproveitar é ir para um lugar mais tranquilo, selecionado para evitar a disputa por um espaço e nem poder usufruir do mar e do sol.
Eu de uns anos para cá também mudei meus hábitos e praia assim não me atrai,melhor curtir o conforto.

Um beijo

Chica disse...

Nem me faLA!!aDOOOOOOOOORO PRAIA, A ENERGIA DO MAR ME TRANQUILIZA Mas moro no Sul e longe dela.Pena!beijos,tudo de bom,chica

Marliborges disse...

Adoro praia, adoro sol!!! E aqui tá um friooo, brrrr!! Aproveite o calor aí. Bjssssss

elisabete disse...

Adoro praia.Não é verdade! Gosto de estar numa esplanada a vêr o mar muito azul com océu muito azul,a beber um refresco e nada de areia nem água gelada.
Aprecio a sua coragem de tomar um banho,faz-lhe bem.
Beijoca sem sal.

Glorinha L de Lion disse...

Ai Manu, pois eu sempre adorei praia...gostava tanto, me torrei tanto que arrumei 5 cânceres de pele!Sendo que um deles, um melanoma, quase me matou...só não fui pq não era minha hora...ainda gosto de sol, mas hoje em dia fujo dele, pois sou branca branca...daquele tipo que só fica vermelha...meu sonho era ser morena como toda branquicela....e aqui,padecemos do mesmo mal no verão, praias cheias, sem lugar pra se colocar a toalha...e eu detesto aglomerações...então, fico é na minha piscininha mesmo...e cheia de filtro solar 100! Bjs.