«Através da violência pode matar um assassino, mas não o assassinato.

Através da violência pode matar um mentiroso, mas não a mentira.

Através da violência pode matar uma pessoa odiosa, mas não o ódio.

A ESCURIDÃO NÃO PODE EXTINGUIR A ESCURIDÃO. SÓ A LUZ O PODE FAZER.»

MARTIN LUTHER KING




domingo, 23 de maio de 2010

VAMOS ALMOÇAR A BRAGA...

Braga de todas as minhas idades! Tão perto do Gerês, do Bom Jesus do Monte, do Sameiro, da Falpêrra. Braga está rodeada por belezas monumentais e florestais de grande beleza!
Eu adorava ir ao Bom Jesus, subir até lá, naquele elevador que me assustava, andar de barco no grande lago e ir de burro até ao Sameiro! Desta vez fiquei pela cidade, lembro uma Braga mais pequena, mas que gradualmente teve uma expansão enorme, de facto é uma cidade bonita.
Conheço bem Braga, todos os monumentos e museus, as suas imensas igrejas, tantas igrejas que eu as confundo! Chamam-lhe a cidade dos «três pês», um deles é padres!


Ontem pela primeira vez, fui a Braga de comboio, diziam-me que era muito agradável e barato, melhor que a maçada do carro, do trânsito, do dispêndio, depois do estacionamento…fui experimentar e gostei! Os comboios são óptimos, com ar condicionado, confortáveis e sem enchentes. Por três euros e qualquer coisa vai-se do Porto a Braga, é mesmo «eu vou almoçar a Braga e já venho! Comprei um jornal, antes de acabar de o ler, estava em Braga!
Andei por lá o fotografar, vi muito estrangeiro, os que se notam mais são os espanhóis e os italianos, são ruidosos. Segundo as estatísticas o Norte nesta altura está com índices de turismo altos e nota-se. Obviamente que tirei algumas fotos, não muitas, estava muito, muito calor. Fui almoçar às Arcadas aí estava fresquinho e deixei-me estar por lá e depois daí mais um giro e outra esplanada! Neste passeio, o que pesou mais, foi mesmo o calor!


Entrada na zona histórica…


Ruas embandeiradas devido a uma Feira Medieval. Braga tem muitas ruas fechadas só para peões, o que é muito agradável.


E depois a Sé, para mim das Sés Catedrais mais bonitas do país, com um óbice, não se pode fotografar no interior e o interior é artisticamente assombroso. Como todas as Igrejas em Portugal o estilo, sofreu as características religiosas e rituais das várias épocas. Primeiro o românico, as igrejas eram mesmo fortalezas, onde a população se ia refugiar em situação de ataque, depois passou ao gótico, elevando a estrutura de maneira a que permitisse a entrada da luz (entrada do Senhor) e depois a ostentação com o período Barroco. Estou a escrever, sem consulta, por aquilo que estudei, que é muito mais vasto e pode ser consultado em vários sites.


Várias perspectivas do complexo da Sé Catedral





Os claustros



E caminhando até ao parque principal é só deslumbre…








Feira de Antiguidades…



Uma casa medieval, toda em madeira



A velha Brasileira



E o Parque principal de Braga…onde decorria uma Feira de Artesanato



No restaurante das Arcadas





Voltando à zona histórica…









Jardim de Santa Bárbara…


E por aqui me fiquei no Salão de Chá Lusitana (muito antigo) a descansar mais um pouco…

Há fotografias que não estão muito bem, é irritante olhar para a máquina digital e ver o ecran preto, acabo por fotografar por palpite…já vou na terceira máquina e é sempre a mesma coisa, a próxima tem que ser muito melhor!...

ISTO NÃO É BRAGA, É SÓ UMA PEQUENA AMOSTRA DE BRAGA!...

12 comentários:

Duarte disse...

Acabas de dar-me uma boa ideia.
Há muito que não vou a Braga e sobre tudo pela dificuldade que existe em encontrar estacionamento.
Fui feliz deleitando-me com tão magnificas fotografias e suculentos comentários, tão bem elaborados. Fui feliz neste deambular... Parabéns.
Que agradável passeio que fiz contigo.

Um forte abraço de agradecimento

Chica disse...

Que belo passeio e obrigado por nos levar de carona!beijos,lindo domingo,chica

Yoyo Pizy disse...

Que passeio excelente!
Menina, sabe que nunca senti tanta vontade de ir à Portugal, como ultimamente!
Estou com várias revistas sobre o seu país e isso me atiça, ainda mais, a vontade de conhecer esse país encantador.
Bjos

Duarte disse...

Manuela, nasci em Pedras Rubras, Moreira da Maia, estudei no Porto e quando vim para cá vivia entre Custoias e a Senhora da Hora. Vivo aqui, em Valência, há quarenta e dois anos: sempre que posso saio a correr para a muito nobre e sempre leal cidade invicta, o nosso Porto!
Valência é a terceira cidade de Espanha em importância e uma das cidades mais distinguidas do mundo, junto com o Porto.
Não faz falta, isto está a evoluir continuamente, mas aqui estou para o que fizer falta.

Um abraço tripeiro, fruto da emoção

Barbie Girl disse...

Estou encantada por Braga e é só uma amostra, imagina conhecer inteirinha...rs

bom domingo!

beijos

Me disse...

lugares lindos...
arquitetura demais!
adorei!
bjos Manú!

Regina Coeli disse...

Oi Amiga Querida,
Viajei muito pouco em minha vida...
Estou "com o queixo caído" e os olhos iluminados por poder apreciar essas maravilhas postadas por você!!!
Amo PORTUGAL e agradeço por me dar a oportunidade de conhecer um pouquinho a riqueza desse lugar dessa arquitetura preciosa de BRAGA.
Que passeio lindo você fez!!!
Um lugar para descasar , relaxar e curtir a beleza natural e arquitetônica..
Se isso é só uma amostra, valha-me Deus... Fico a imaginar o que mais
poderá ser mostrado.
Tenha um domingo radiante.
Beijinhos calientes.
Regina Coeli

Maria disse...

A cidade de tantas igrejas... dos bispos... do tempo ao contrário do resto do país...
Com calor não, obrigada!
Mas é uma cidade bonita.

Beijo, Manuela.

manuel marques disse...

Belo passeio,Braga é uma cidade linda.

Beijo.

Glorinha L de Lion disse...

Andei sumida por conta do almoço de aniversário da filha....mas já cá estou novamente....que linda cidade deve ser Brga...não conheci quando aí estive...mas não há de ser nada...ainda voltarei e verei Portugal de ponta a ponta....beijos amiga!

Beth/Lilás disse...

Manuela,
Lindas as fotos de Braga, adorei conhecer por você, mesmo que um pouco.
Quando aí estive no ano passado, fomos de trem (comboio) de Lisboa à Cascais, ficamos encantados com este meio de transporte por aí, tão confortável e tranquilo. Aproveitamos para espiarmos pelas janelas e fazer fotos.
Se eu morasse em Portugal, todos os finais de semana pegaria um desses comboios e conheceria uma cidadezinha. Achei maravilhoso.
beijos cariocas

Maria Teresa disse...

Foi um retorno e tanto! As igrejas, as escadarias, as ruelas, os monumentos, as arcadas! Vontade de voltar.
Beijos