«Através da violência pode matar um assassino, mas não o assassinato.

Através da violência pode matar um mentiroso, mas não a mentira.

Através da violência pode matar uma pessoa odiosa, mas não o ódio.

A ESCURIDÃO NÃO PODE EXTINGUIR A ESCURIDÃO. SÓ A LUZ O PODE FAZER.»

MARTIN LUTHER KING




quarta-feira, 19 de maio de 2010

NÃO SOU TOLERANTE!..

NÃO SOU TOLERANTE!...
SER TOLERANTE É UMA PALAVRA QUE ME INCOMODA, PARECE QUE SOU TOLERANTE, PORQUE SOU SUPERIOR! EU NÃO SOU TOLERANTE, EU ACEITO OU NÃO ACEITO!...

A PROPÓSITO DA TOLERÂNCIA VEIO ATÉ MIM UM QUESTIONÁRIO.

-Acha bem que, movimentos neonazis tenham liberdade de expressão e de manifestação?
-Os sites pedófilos devem ser proibidos?
-Mein Kampf pode ser livro do dia nas Feiras do Livro?
-Considera aceitável a interdição em Israel de se tocar Wagner?
-Os programas de astrologia deviam ser banidos da televisão?
-Concorda com a decisão do governo espanhol de proibir o jornal de língua basca Egunkaria com o argumento de que apoio o terrorismo?
-Acha bem que o Catolicismo tenha um tratamento de primazia, relativamente a outras religiões?
-E as anedotas racistas e sexistas, deviam acabar?
-O direito à informação, quando colide com o direito ao bom nome deve ser penalizado?
-A liberdade de expressão deve ter regras?


Cada resposta SIM vale 1 ponto.
10 – Parabéns! Você é tão tolerante que já não é uma pessoa, mas uma geleia com corante de banana.
5 a 10 – Você tem dúvidas e isso é bom. Vale a pena ir tomar um café consigo.
0 a 4 – Pronto, já sabemos que se mandasse ia tudo preso!


ESTE INQUÉRITO É CONTRADITÓRIO, IMPOSSÍVEL RESPONDER A TUDO SIM OU A TUDO NÃO…ACABA-SE SEMPRE POR IR TOMAR UM CAFÉ!...O QUE ATÉ É AGRADÁVEL, PORQUE ISTO DE TER IDEIAS FEITAS NÃO INTERESSA NADA, ISSO É PARA AQUELAS SUMIDADES QUE NUNCA SE INTERROGAM E PARECEM DONOS DA VERDADE, TAMBÉM HÁ MUITO DISSO!...


SER GELEIA COM CORANTE DE BANANA, É UMA MANEIRA MUITO PRÁTICA DE NÃO SE INCOMODAR…ESTÁ TUDO BEM, MAS NÃO ESTÁ TUDO BEM, TEM QUE HAVER REGRAS ENTRE O ACEITÁVEL E O INACEITÁVEL!...

Nesta questão de tolerância há muita hipocrisia!...Eu também me debato muito com as questões de tolerância! Há questões que me deixam grandes interrogações!


Em Mirandela, uma professora do ensino básico, posou nua para a revista Playboy, contracenando com outra mulher. Uma colega denunciou-a (as mulheres são um mimo para estas coisas), a população teve conhecimento e adquiriu a revista, que nunca teve tantas vendas naquela localidade. Espalhou-se pela cidade, através de fotocópias e fotografias tiradas por telemóvel e, que já andam nas mãos dos próprios miúdos. Os pais protestaram. A contratação foi feita pelo município e o director da escola, pediu que fossem tomadas medidas, já que considerava incompatível para professora, uma pessoa que aparece nesse género de revista, porque será uma educadora nociva. O Município, acabou por afastar a professora para os arquivos, até finalizar o seu contrato.
Hoje em dia sou confrontada com situações complexas, as pessoas são livres de fazer da sua vida aquilo que querem, mas penso que tem que haver regras, embora neste país apesar de existirem regras, muitas não são cumpridas! Evidentemente que já há correntes de opinião a favor e contra a professora, uns dizem que posar nua, não lhe tira o mérito de ser boa professora (uns até escreveriam «boa», entre aspas) e outros não pode ser, como é que uma pessoa assim se dá ao respeito! Penso que ter dúvidas não é mau, já que permite uma certa reflexão!

19 comentários:

Doces Abobrinhas da Roberta disse...

ser tolerante realmente é um desafio e um exercicio diario!
um bj doce com tolerancia! rs! apareça nas abobrinhas!

Astrid Annabelle disse...

Bom dia Manú!
Que polêmica hein?
Creio que para emitir uma opinião a respeito de algo precisa a pessoa estar muito bem fundamentada.
Creio que a liberdade de um acaba no limite da liberdade do outro.
Creio que cada um tem a sua verdade e que essa verdade não deva ser imposta.
Então...vamos tomar um café...o que muito me apetece! E vamos aprender a ouvir que é o que nos ajuda a separar o joio do trigo...mas ouvir sem prejulgamentos...simplesmente ouvir por inteiro...depois, se quiser falar que "as palavras sejam melhores do que o seu silêncio."
Grifei o final da frase porque essa idéia não fui eu que criei...apenas adotei!!!
Um beijo grande e parabéns por este post!
Astrid Annabelle

Austeriana disse...

Cara Manuela,
Não sei o que terá levado esta professora a posar para a "Playboy". Razões financeiras? Necessidades de auto-afirmação física? Tolice? Problemas do foro psiquiátrico?...
O que sei é que o valor atribuído a esta pessoa dificilmente passará por algo mais do que as fotografias a que se sujeitou. Como não avalio as pessoas pela beleza ou "feieza" físicas, a senhora é-me completamente indiferente.
Enquanto docente, penso que não parece ter discernimento para perceber que as imagens playboyescas irão desvirtuar seja o que for que ensine aos alunos.
No fundo, e citando o blogue «Call me Ishmael», a conduta desta mulher será mais uma das consequências do «eduquês». Infelizmente.
Abraço.

Cris França disse...

vou tomar um café com certeza...rs já que não tenho e nem quero ter todas as resposta de todas as duvidas do mundo.

adorei o estilo do texto, comtemporâneo, sarcástico, despojado

beijos

Lata de Luxo disse...

Oi,querida Manuela.
Parece que tolerancia e um estado de espirito momentaneo.As pessoas se dizem tolerantes,mas com o que?La,no Brasil,soube que uma professora foi demitida por fazer uma coreografia de uma danca sensual.Opa!Ela estava fora da escola e no seu horario de lazer,pois nao?Somos tolerantes com as coisas com as quais concordamos.E uma linha dificil essa da tolerancia,mas temos que examinar nossas proprias consciencias para chegar a algum resultado.Somos tolerantes ou nao?
E tolerantes com o que?
Grande beijo.zenaide storino.

manuel marques disse...

Se alguém tiver desponibilidade para tomar café, venha daí comigo,hoje pago eu...

"Tolerância é saber rir quando alguém nos pisa os calos mentais..."

Excelente post,daqueles que são lidos hoje e durante uma semana, ainda nos anda a bater na mona.

Beijo.

Elaine disse...

Olá, quantas perguntas, rsrsr, muito legal, sempre nos faz pensar.
Olha tem um selinho para vc lá no meu Blog, passa lá, espero que goste, beijos!!

Sandra Botelho disse...

Eita mulher sempre polemica heim...
Bom tolerante não sou tbem, mas acho que cada um é cada um. Que cada um faça o que acha melhor, desde que não me afete de maneira negativa. Fico na minha
Bjos achocolatados

Beth/Lilás disse...

Olá, Manú!
Muito bom seu post, faz a gente repensar e rever certos valores.
Acho que também irei tomar um café com você e toda a turma. hehe
Ainda sobre este assunto, achei pertinente e indico o post que meu amigo Shrek escreveu em seu blog.
Dê uma olhadela:

http://eduardoulhoacintra.blogspot.com/

beijinhos cariocas

Manuela Freitas disse...

Pelos vossos comentários, o ideal seria mesmo tomarmos um bom café juntos, para irmos discorrendo sobre as nossas dúvidas! Não sou geleia com corante de banana, mas também nem pensar ir nessa de «vai tudo preso»! Obrigada pelos comentários.
Lata de luxo, obrigada pelo comentário, de facto, antes de ser tolerante reflectir é necessário. Não tem blogue? É que não consigo chegar lá!
Beijinhos para todos,
Manú

Eliane disse...

Manuela é muito complicado esse negocio de tolerancia!!!!!!
perereca é um tipo de sapinho muito comum aqui no Brasil, geralmente verde claro e com perninhas compridas. Quando eu era magricela geralmente me chamavam de perereca !!!! Um beijão e obrigado pela compreençaõ.

Carlos Albuquerque disse...

Excelente post!
Sobre o questionário que lhe chegou digo-lhe que, para mim,este tipo de inquérito, de resposta sim ou não, ponha uma cruz e some os pontos, não passa de um "furta opinião".
Quanto à história da professora.
Já houve quem tivesse posado nua para revista e não perdesse o "direito" de ser princesa aclamada. O seu comportamento terá sido entendido como aceitável...
Não me parece que se deva sentar a professora de Mirandela no sofá de Freud!
Tenho dúvidas que a sua nudez mostrada possa desvirtuar o que ensine. Há comportamentos (damos com eles todos os dias) bem mais violentadores de consciências em formação.
O que me chocou foi ter sabido que a autarquia contratara a professora por 500 euros mensais e que, como medida punitiva, a tinha colocado nos arquivos.
Para não abusar do seu espaço fico por aqui.
BJS

Chica disse...

A minha tolerância vai até não cometerem injustiças.Isso não suporto e também, mexerem com meus filhos ou netos.AÍ a tolerância é ZERO.

AH! lembrei mais: Não suporto responder mais de uma vez quando seu que a pessoa não está ouvindo. Como vês, minha tolerância não é taaaaaaaaaaaaaaaaanta!rsrsr beijos,chica( eu a exercito, tento melhorar, mas não sou santa!!!)

Eliana Pessoa disse...

PRONTO É ISSO VAMOS TOMAR UM CAFÉ!
ASSUNTOS POLÊMICOS NOS DA DIREITOS A VÁRIOS CAFES POIS VAI LONGE!!!
BJIM

elisabete disse...

Para ser sincera não me acho muito tolerante.É um dos meus defeitos,o que hei-de fazer? Tentar ser melhor.
Quanto à professora tenho que pensar bem no assunto.

Um beijo Manu.

Jortas disse...

Ser tolerante é respeitar as opções de cada um.
A grande questão é se a professora que pousou nua não serve para o exercício do mister, mas se fosse deputada não seria afastada.Alíás já não sei o que é ter valores de cidadania bum país que barra a justiça aos sues cidadãos.
Com a injustiça não posso ser tolerante.

Maria P. disse...

A esta já não...mas também ia um café!:)

Um abraço*

Junia Ansaloni disse...

Manù, querida, apesar da correria,nao poderia deixar de agradecero carinho que sempre tens comigo !!! Existem pessoas que agente cria simpatia sem saber o porque...Vc è uma delas !!! Adoro sua presença no meu Blog !!! Bjim...espero voltar logo...

Misturação - Ana Karla disse...

Bom dia Manu!
Concordo com a Roberta, ser tolerante é um desafio, e esse nos desafia diariamente.
Na questão da professora, apesar de sermos livres para fazermos o que quisermos, não acho adequado uma educadora infantil se expor numa revista dessas ainda mais com outra mulher.

Também quero ir no Café!!!
Xeros