«Através da violência pode matar um assassino, mas não o assassinato.

Através da violência pode matar um mentiroso, mas não a mentira.

Através da violência pode matar uma pessoa odiosa, mas não o ódio.

A ESCURIDÃO NÃO PODE EXTINGUIR A ESCURIDÃO. SÓ A LUZ O PODE FAZER.»

MARTIN LUTHER KING




segunda-feira, 19 de abril de 2010

BLOGAGEM COLORIDA - VERMELHO - TINTO

A noite declinava, ele chegaria a qualquer momento. O jantar estava pronto. Ela tinha feito rosbife, que ele tanto gostava, que seria acompanhado como o vinho tinto aquecido à temperatura ideal e para a sobremesa os seus doces e frutos preferidos…tarte de morangos, doce de maça vermelha, cerejas com vodka…rodelas de melancia, muito frescas! Tinha-se esmerado, colocou na mesa uma taça de pétalas de rosas vermelhas e também o castiçal com as velas vermelhas…o VERMELHO, o vermelho da sua paixão!…

Ela própria tinha vestido o seu vestido vermelho justo, sentia-se atraente e elegante…
Foi até à janela, com o seu copo de Porto e de forma sonhadora ficou a olhar o céu, junto à linha do mar, tão vermelho…


Sentia uma grande expectativa, o seu sangue pulsava nas veias, um estranho calor se apossava dela…Há dois anos que não se viam, ele tinha partido de repente, deixando-a numa grande amargura. Depois de um mês em labaredas de paixão, recebeu um SMS, a dizer «parto para Londres», mais nada! Ontem tinha-lhe telefonado, convidando-a para jantar e ela sugeriu que o jantar fosse em sua casa. Nada mais disseram. Esperava-o com uma saudade imensa, mas não deixava de se interrogar: o que é que ele pretendia dela? Ficou a olhar para a mesa. Devagar tirou o castiçal das velas e guardou-o no armário. Olhou para a taça das pétalas e levou-as para a cozinha. Já tinha passado meia hora, da hora aprazada!

ELE VEM? ELE NÃO VEM? ELA FICA À ESPERA INTERMINAVELMENTE? ELE TELEFONA A DIZER QUE TEVE UM COMPROMISSO? ELE VEM E TUDO DECORRE DE ACORDO COM O SONHO DELA? ELE VEM E NADA ACONTECE? NÃO SEI, CANSEI-ME DE PENSAR…
QUE ESCOLHERIAM?
(blogagem «colorindo a vida» - INCENTIVADORA: GLORINHA LION - BLOGUE CAFÉ COM BOLO )

8 comentários:

Maria de Fátima disse...

Olá Manu, como todas as histórias lindas de amor eu escolho o final de que ele vem e tudo decorre de acordo com o sonho dela.Beijocas.

manuel marques disse...

E a paixão do vermelho no ar...

Beijo.

marliborges disse...

A paixão. Escolho um final apaixonado, gosto de finais felizes.
bjsssss

Glorinha L de Lion disse...

Oi Manu, teu comentário está no post anterior...corri lá pra verificar, pois claro que o li e aprovei....acho que te confundistes e postastes no anterior...rsrsrs...foi o vestido vermelho e as lembranças dele que te deixaram um tanto confusa????
Minha querida e amada amiga, nunca penses que dissestes qq coisa de mal ou de errado, pois só dizes coisas boas e elogios a meu respeito, és uma amiga com A maiúsculo...foi só uma confusãozita de nada...beijos rubros e cheios de amizade pra ti!

Tida disse...

Oi, Manuela

Gostei da história e do jeito de você deixar no ar o fial.
Tenho comigo que ele virá.
Não deixaria assim um amor.
Abrs

Eliana Pessoa disse...

ADOREI A HISTÓRIA DOS MENEIOS DA IRMÃ COM A TRAVESSA DE FEIJÃO!!!
PARECE QUE VI A CENA!KKKKKK

Rozani disse...

Que linda história!
Adorei sua blogagem coletiva.
Bjs,Rozani

Elaine disse...

Olá Manuela, vim te agrade cer a visita e o comentário, muito obrigada!
Agora tb conheci seu Blog, muito interessante, virei seguidora, Beijos e até a próxima semana!