«Através da violência pode matar um assassino, mas não o assassinato.

Através da violência pode matar um mentiroso, mas não a mentira.

Através da violência pode matar uma pessoa odiosa, mas não o ódio.

A ESCURIDÃO NÃO PODE EXTINGUIR A ESCURIDÃO. SÓ A LUZ O PODE FAZER.»

MARTIN LUTHER KING




quinta-feira, 8 de abril de 2010

COMEÇARAM AS MINHAS CAMINHADAS

Primavera na Avª. Marechal Gomes da Costa, ao fundo a estátua de Willy Brandt, uma homenagem ao chanceler alemão, que durante uns tempos motivou muita polémica, quantas vezes a sua cara foi pintada durante a noite, em sinal de protesto!...

ESTÁTUA - ESFORÇO COLONIZADOR PORTUGUÊS
Monumento em granito, executado e projectado por Sousa Caldas e Alferes Alberto Ponce de Castro, realizado em 1934, para a exposição colonial do Porto ( Não digo nada, não se rejeita o passado...)

FOZ VELHA

CASTELO DA FOZ (Em miúda dizia é o castelo da Tia Mimi, isto porque este castelo era ocupado por militares e essa minha tia-avó casada com um oficial viveu lá, mas já há muitos anos está desactivado e presentemente é lugar de eventos culturais)

Andar nos novos paredões é um passeio muito agradável, de um lado o mar, do outro o rio Douro.


Este é o velho paredão com o seu antigo farol e aqui recordando a história, podia referir-me ao tráfego intenso que teve o Rio Douro, aos muitos problemas, da passagem do mar para o rio, para aqueles grandes barcos á vela, irem buscar o famoso vinho (história interessante tem este rio).





Muito interessante, uma coloniazinha de gaivotas pequeninas. Pena que a minha máquina não tenha um close-up em condições.

O meu «maridão» foi atacado por uma cadela aos beijos!...

Uma das muitas esplanadas da Foz, esta é o «Ourigo».

Pérgola da Foz, local de cumplicidades!...

O molhe, antiquíssimo também, local predilecto de pescadores e no Verão dos rapazes desaustinados que se atiram para o mar, em mergulhos espectaculares.

Por aqui me fiquei, numa esplanada, com o livro de ocasião e olhando para o mar! Senti mesmo vontade de ir dar o primeiro mergulho do ano!...

7 comentários:

efeitoseconceitos disse...

O melhor da caminhanda é poder apreciar a paisagem, que nesse caso é linda demais
Bjos
Yoyo

SUELY PERES disse...

Amiga, estou passado para dar notícias e agradecer o carinho. Meu filho ja esta melhor da dengue, e ontem foi eslarecido as dores abdominais que vinha sendo tratada como consequencia da dengue de fígado aumentado (tem um nome cientifico que não lembro), pois é amiga, são cálculos renais que hoje vamos passar no urologista para ser decidido o que fazer, pq uma das pedrinhas é grande (8,4 mm), mais estou mais aliviada e se deus quiser vai dar td certo e logo estarei na ativa por aqui de novo. Beijinhos e fique com Deus.

Barbie Girl disse...

Bom dia querida!

Hoje coloquei meu sinal de luto pelas vítimas de Niterói, São Gonçalo e Rio... essa tempestade se tornou um caos para nosso Estado.

Meu coração sofre com tudo isso, é um tremendo descaso dos governos e o único que parece fazer alguma coisa, é o prefeito do Rio, Eduardo Paes, o de Niterói só fala besteiras e a de SG sumiu... um absurdo sem fim.

Ore pelas famílias... e obrigada pelo seu carinho.

beijos

Vivi disse...

Manuela!!!!!
Que banho de história!!!!!
Lindas as fotos!!!!
As gaivotas??!!! que encanto!!!!!
e a cadelinha???!!!! amei!!!!!!
obrigada por compartilhar!!! adorei!!!!
bjs

Maria disse...

Que passeio tão agradável, Manuela.
Gosto imenso da Foz e de me sentar por aí, numa esplanada qualquer, e ver o mar. E já vi fortes vagas subindo o farol!
Gostei de ver o teu 'maridão', está com óptimo aspecto.
Continuem com os passeios e abraços aos dois.

Maria de Fátima disse...

Olá Manu, eu também adoro caminhar pela Foz, aliás a minha sogra e dois cunhados moram lá.Gostei de conhecer o teu marido e as fotos estão lindas.Beijocas.

manuel marques disse...

Excelente reportagem.

Beijo.