«Através da violência pode matar um assassino, mas não o assassinato.

Através da violência pode matar um mentiroso, mas não a mentira.

Através da violência pode matar uma pessoa odiosa, mas não o ódio.

A ESCURIDÃO NÃO PODE EXTINGUIR A ESCURIDÃO. SÓ A LUZ O PODE FAZER.»

MARTIN LUTHER KING




segunda-feira, 26 de abril de 2010

ROXO-LILÁS

ROXO, é uma cor sinistra, fúnebre, gótica, vampiresca...paixão fatal...tenho medo do roxo!...

Há até quem diga que não tem medo de nada, mas eu considero que todos as pessoas têm os seus medos. Um dos meus medos é atravessar a fronteira da «normalidade» e entrar na realidade «distorcida» ou melhor dizendo, na loucura.
Quando olhamos os «nossos loucos» com um misto de comiseração, respeito e fascínio, não podemos deixar de pensar se os loucos não seremos nós e se não são eles que estão certos, que vivem na realidade deles, marginais à violência do mundo «normal. Loucuras há muitas, com nomes clinicamente diversos. Claro que não me refiro aos loucos internados, mas aos que vivem no meio de nós, personagens misteriosas, intrigantes e desconcertantes, trágicas e irónicas.

O roxo é para mim uma cor intrigante e desconcertante, misteriosa e fatal, não prenuncia coisa boa!.. Ou são os meus olhos, que em dias de neura vêem tudo roxo?
Mas de facto é assim:

E pode ser muito pior:

Tudo que é roxo não é muito agradável…
…andou à luta ficou com um olho roxo, pior ainda, sofre de violência doméstica, ficou com um olho roxo ou o corpo todo roxo…
…a água estava tão fria que ficou roxo…
…a vida está roxa…

Só as flores, principalmente, as violetas me encantam…

Penso nas «nuances» e do roxo vou até ao lilás

O nome "lilás" é uma referência à flor do mesmo nome.


CAMPOS DE ALFAZEMA – PROVENCE (Esta planta tem uma multiplicidade de aplicações: na higiene pessoal e da casa, como aromatizante ambiental, produtos medicinais, etc…)
Sobre esta cor dizem:

O lilás é a junção da transcendência do azul e da energia do vermelho. O lilás também é muito ligado à magia e representa uma cor mística e sentimental.

Gosto de ficar a pensar no transcendente, com todo o meu cepticismo…
De ser surpreendida pela magia, encontrando o diferente no normal…
Pouco mística, por pouco crente, interessa-me o misticismo…
Uma sentimental muito contida, mas com o coração acelerado…

Para todos esta bela imagem da NATUREZA, onde todas as cores brilham e me encantam...


(BLOGAGEM COLECTIVA - IDEIA DO BLOGUE «CAFÉ COM BOLO» DA GLORINHA LION)

29 comentários:

Maria de Fátima disse...

Olá Manu, lindo post.Também gosto muito das flores violetas.Quando penso na cor roxa ou lilás vem-me logo à ideia a semana santa da Páscoa.Beijocas.

Renata disse...

Minha amiga Manu,

Bom dia!

Costumo dizer que tenho medo é dos loucos mansos, esses que vivem sempre tão perto de nós, e que possuem uma loucura interior, escondida no seu íntimo...esses sim, são os loucos verdadeiros, já que os louquinhos possuídos, aqueles que só promovem algazarra na sua loucura alegre, esses estão lá, trancados, inertes, vivendo no seu mundinho de ilusão, e não podem fazer mal à ninguém, pobrezinhos!

Mas mudando de assunto, prefiro pensar no roxo, como a cor das flores, cor que a natureza usa pra se efeitar e vestir de festa...

Belo post, você como sempre me faz refletir!

Um abraço,
Boa semana!

Vivi disse...

Oiiii Manu
Não vejo as nuances do roxo assim não... acho q é uma característica minha de ver sempre o lado bom das coisas...rsrsr
bjs

Ciene disse...

Olá, bom dia!

Vim aqui no rastro das blogagens coloridas da Glorinha e gostei muito deste teu cantinho!

um beijo

Tati Pastorello disse...

Incrível como nossa vivência das cores é subjetiva, não? Para você roxo é uma cor que remete a coisas ruins, para muitos remete a coisas boas. Eu não tenho grandes memórias com o roxo, que não me trás nada.
De qualquer forma, fiquei a pensar nos loucos... e se loucos somos nós ou eles... pergunta difícil, não?
Beijos.

Chica disse...

Lindo,Manuela! Lindas imagens!Boa semana,beijos,chica

Bordados e Retalhos disse...

Manu, não tinha pensado no olho roxo e nas marcas roxas da vioilência contra a mulher ou contra crianças ou ainda contyra indefesos. Acjho que estou ficando uma pessoa muito boa. Só pensei em coisa mais agradáveis.Arrasou com o campode alfazema.Adorei. Bjs

Barbie Girl disse...

Essa semana a cor roxa foi um desafio para mim!
Só pensei na Beth Lilás e na música Lilás do Djavan...

beijos e boa semana

Françoise disse...

Gostei das suas reflexões, não tinha pensado ainda por esse lado..mas é bom ver de todos os jeitos não?
Esse campo é de arrasar!
Bjos e boa semana
Françoise

Astrid Annabelle disse...

Aos poucos estou conhecendo os blogs participantes da blogagem coletiva da Glorinha.
Não me ocorreu pensar no negativo do roxo.Mas existe.
Prefiro a cor alegre das violetas e sem dúvida os campos de lavanda da Provence, tema do meu post.
Mas gostei do seu post.
Um abraço para ti Manuela!
Astrid Annabelle

Glorinha L de Lion disse...

Loucos somos todos, minha amiga, alguns menos, outros mais...mas todos com um quê de loucura!
E às vezes a loucura é que nos salva, pois ser normal é muito chato!
Como dizia Nélson Rodrigues, aliás, de perto ninguém é normal!
Muito bom teu post, como sempre...obrigada por estar aqui conosco.
Grande beijo.

Maria disse...

E eu gosto do roxo... e do lilás também.
E gostei do teu post!

Beijinho, Manuela.

Misturação - Ana Karla disse...

Manu, me identifiquei aqui com seu post.
Quando soube da cor roxa/lilás me veio logo no pensamento o "olho roxo" (rs).
Achava quando pequena que só se usava roxo em velórios.
Mas acabei com isso e hoje sou grande apreciadora do roxinho.
Penso até em pintar uma paredinha aqui de roxo. kkkk
Adorei as imagens de Provence.
xeross

Sandra Botelho disse...

Amiga eu gosto de roxo sim, mas ele sempre me faz lembrar de quando minha mãe morreu eu tinha apenas cinco anos, mas não me esqueço dela dentro de um caixão roxo. Na época os caixões eram feitos de tecido e ela enquanto viva sempre dizia que qdo morresse queria que a colocassem em um caixão roxo.
Isso fez com que essa cor ficasse meio com um tom de morte pra mim. Belo post o seu viu?
Como sempre; bjos achocolatados

Chelle disse...

Sei bem como tu te sente, mas não sinto isso com cores. Sinto com coisas antigas. Não posso ver objetos antigos que me dá um nó na garganta, me sinto mal mesmo, não sei porquê...

Boa sorte na luta contra teus medos!

Bjobjo!

http://chelleschons.blogspot.com/

manuel marques disse...

Post magnífico ,parabéns.

"Os loucos abrem os caminhos que depois emprestam aos sensatos ."

Beijo.

Anny disse...

Manu:
Uma postagem linda!
Parabéns!

*Parece que errei o nome da flor, hem?

Obrigada pelo comemtário.
beijos.
Anny.

Uma Brasileira disse...

Manu...

Hoje é minha estréia em seu blog.
Gostei muito.
Por coincidência, aquelas sábias palavras lá do início de Martin Luther king são de quem dá nome à minha rua no Brasil.
Me orgulho muito disso.

Uma Brasileira disse...

Me esqueci que sou de Franca, São Paulo, Brasil.

Manuela Freitas disse...

Tantas visitas hoje... adoro visitas!...Fico feliz em virem até aqui e terem deixado palavras tão atenciosas e amigas, bem-hajam!
Desculpem a minha abordagem não positiva relativamente ao roxo, mas por tudo aquilo que me deram a conhecer já vejo o roxo com outros olhos!...
Esta camaradagem é muito interessante e agradecendo a todos, tenho que abrir um parêntesis, para dizer à Glorinha que é uma pessoa muito legal e que muita admiração me desperta, é uma «pimentinha» adorável!...
Um grande abraço, tão grande que atravesse o Oceano!
Manuela

marcelo dalla disse...

Manuela, minha nova amiga!!!
Vc me deu ideías para vários posts. Um sobre mandalas, para explicar o que são, de onde vieram, etc.

Outro sobre essas afirmações. Entendi o que quis dizer, mas eu escrevo essas afirmações com outro sentido. Vamos ver se consigo explicar sucintamente: tenho aprendido que somos nós que criamos a realidade. O Intento é a arte de "sentir o sentimento" por completo daquilo que desejamos, como se já estivesse acontecendo. Farei um post sobre isso também!

Portanto, se queremos um salário melhor, vamos praticar a afirmação: "AMO O TRABALHO QUE FAÇO E SOU BEM-REMUNERADO POR ELE." Para criar esta realidade, entende?

Mas podemos ir por etapas. Uma pessoa que mal ganha para comer deve aprender muitas coisas antes de chegar neste nível...

Ainda vou falar mais sobre isso, pode esperar... Tô adorando nossas trocas, sinto que vc está aberta para compartilhar e aprender. Eu também!

Quanto ao seu post, gostei muito. Tem situações em que o roxo dá medo mesmo. hyehehehehe

bjos

Graça Pereira disse...

Gosto das tuas postagens temáticas...pelas palavras e pelas imagens deslumbrantes que escolhes.
Realmente o roxo é uma côr trágica e lembra-me defacto figuras intrigantes, irónicas...quase possuídas pelo Demo...talvez num castelo do Drácula!
Escapam as violetas, perfumadas e humildes e não posso deixar de me recordar Sara Montiel no filme La Violetera... lindo!
O lilás, já é uma das minhas cores preferidas...para não falar da flor, encantadora que me enche um canteiro no jardim e do outro lado um bom tufo de alfazema...
As tardes são docemente embaladas por estes aromas enquanto leio um bom livro...talvez de poemas a condizer com o lilás.
Beijo amigo e uma semana muito lilás para ti.
Graça

efeitoseconceitos disse...

Gostei muito do seu post Manú.
Sabe que a loucura sempre me intrigou!Acho que eu daria uma boa psiquiatra,rsrsrs
Beijinho com cor e cheiro de lavanda
Yoyo

Eliana Pessoa disse...

MANU ADOREI SABER O QUE PENSA DO ROXO!
ACHEI MUITO ENGRAÇADO DEI MUITA RISADA AO LER SEU POST!
EU GOSTO DE FLORES COM ESSA COR!
ROUPAS Ñ GOSTO!
VC FOI MUITO ORIGINAL COM SEU PENSAR!!
BJIM

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Também detesto o roxo que me traz sempre à memória conotaçoes tristes.

Vieira Calado disse...

Vê!

Nas flores é bem bonito!

Há cores que servem para tudo...
há é que saber escolher...

Bjs

Junia Ansaloni disse...

Oi Manu, adoro sua presença no meu blog, muito gentil, adorei o post !!! Grande beijo !!!

Elaine Barnes disse...

Bom dia! Caprichado seu post e as fotos estão lindas. Adoro roxo,para mim ele é a cor da transmutação e assim como todas as nuances dele.Creio que tudo tem sua vibração positiva e negativa e depende do nosso estado de espírito a maneira como captamos.
Minha filha a mãe do Davi é doce, tranquila hiper consciênte e o roxo,violeta,lilás fazem parte da vida dela há muitos anos,ela ama de paixão.Ela o vê e o sente de uma maneira de sempre transformar para melhor a vida dela. Cada um tem seu gosto mesmo né?! Montão de bjs e abraços

Rozani disse...

Oi Manuela!
Muito obrigada pelo seu comentário no meu blog!Que coincidência,vc quase postou sobre a Liz Taylor.Talvez estávamos conectadas sem saber.Com transmissão de pensamentos.Gostei muito da sua blogagem.Fiquei um pouco com medo sobre o roxo...mais chegou o lilás e melhorou tudo.Muito bacana!
Bjs,Rozani