«Através da violência pode matar um assassino, mas não o assassinato.

Através da violência pode matar um mentiroso, mas não a mentira.

Através da violência pode matar uma pessoa odiosa, mas não o ódio.

A ESCURIDÃO NÃO PODE EXTINGUIR A ESCURIDÃO. SÓ A LUZ O PODE FAZER.»

MARTIN LUTHER KING




quarta-feira, 21 de abril de 2010

O VERMELHO E O NEGRO - STENDHAL

Henri-Marie Beyle, mais conhecido como Stendhal ( 1783 - 1842), foi um escritor francês reputado pela fineza na análise dos sentimentos dos seus personagens e pelo seu estilo deliberadamente seco.

.

Le Rouge et le Noir (O Vermelho e o Negro), com o subtítulo Chronique du XIX siécle, romance histórico é uma obra-prima. Trata-se das tentativas de um jovem de subir na vida, apesar do seu nascimento plebeu, através de uma combinação de talento, trabalho duro, engano e hipocrisia. Foi traído pelas suas próprias paixões.
"O Vermelho e o Negro", vem do vermelho da antiga farda vermelha dos franceses e o negro da batina dos padres, demonstrando a principal dúvida do protagonista: «revelar-se nobre e ter ascensão rápida e garantida na hierarquia religiosa, ou continuar mundano sob as mesmas circunstâncias na vida militar». Essa é uma interpretação para a aceitação de um jovem de origem humilde nos meios sociais de maior vulto e influência.
Gostei bastante desta obra, gosto dos romances históricos, principalmente os que abordam o contexto de uma época, tendo em conta as fontes científicas ou a contemporaneidade dos factos. Este escritor faz parte dos clássicos essenciais.

7 comentários:

manuel marques disse...

Já li, é uma obra fantástica.

Beijo.

Glorinha L de Lion disse...

oi querida! acabei de comprar esse clássico da literatura universal, mas ainda não o li..estou ás voltas com outros 3 livros que não consigo terminar, nesse interim ,já li outros dois...confusões de Glorinha de Lion...leio vários ao mesmo tempo...tenho uma amiga que diz que não sabe como não confundo tudo...hehe...
bisus.

efeitoseconceitos disse...

Boa tarde amiga!
Eu gostei muito da dica(até tomei nota) e me interessei bastante pela obra. Assim como você, eu também gosto muito dos romances históricos.
Beijos
Yoyo

Misturação - Ana Karla disse...

Conhecimento a "fundo".
Entra pra minha lista, clarooo!
Xeros

Marliborges disse...

Amiga, esse livro é mil!!!! Lembro que ao terminar de ler, eu folheava a última página e queria mais. E ainda me irritei porque não tinha. Por isso, nunca esquecerei, mas também não o lerei novamente...razões óbvias.
Beijão, ótima dica.

Ana Paula Sena disse...

Olá, Manuela :)

Bom, eu gosto muito deste romance magistral de Stendhal. Aliás, sou uma adepta incondicional da leitura dos clássicos.

Foi óptimo encontrar aqui no Light uma afinidade assim, relativa à apreciação literária.

Deixo-lhe um beijinho amigo.

P.S. - Chove no Porto, ou nem por isso? Por aqui, tem sido uma constante :( Bom, o sol deixa-me sempre mais alegre, e a temperatura amena, muito mais descontraída :)

marcelo dalla disse...

Um clássico, um livro que marcou a minha vida e que li duas vezes.
Esta na lista dos livros obrigatórias na vida de uma pessoa. hehehe (se é que existe isso).

Adorei o post!
bjo