«Através da violência pode matar um assassino, mas não o assassinato.

Através da violência pode matar um mentiroso, mas não a mentira.

Através da violência pode matar uma pessoa odiosa, mas não o ódio.

A ESCURIDÃO NÃO PODE EXTINGUIR A ESCURIDÃO. SÓ A LUZ O PODE FAZER.»

MARTIN LUTHER KING




sexta-feira, 9 de outubro de 2009

LONGE DA TERRA QUEIMADA (THE BURNING PLAIN)

REALIZAÇÃO: Guillermo Arriaga
com: Charlize Theron, Kim Basinger, Joaquim de Almeida...


SINOPSE
Sylvia é gerente de um restaurante, cujo frio comportamento profissional, mascara a tempestade sexual que lhe percorre o corpo.
Quando um estranho mexicano a confronta com o seu misterioso passado, Sylvia vê-se atirada para uma viagem através do tempo e do espaço, que a liga inexoravelmente a personagens muito diferentes, todas elas lutando com os seus destinos sentimentais. No México, uma jovem sem mãe, Maria, vive feliz com o pai e o melhor amigo deste, até que um trágico acidente muda tudo. Na cidade fronteiriça do Novo México de Las Cruces, dois adolescentes, Mariana e Santiago, encontram o amor na sequência da súbita morte dos seus pais. Num atrelado abandonado, uma mulher de família, Gina, embarca numa escaldante relação amorosa com Nick que irá colocar Sylvia e todos os outros, numa rota de colisão, com o explosivo poder do amor proibido.


Um filme interessante, que explora bem, pelos seus vários ângulos, os problemas sentimentais e que tem boas interpretações. Na brincadeira com amigas, disse que lhe dava: *** e 1/2, só porque a meio do filme, já antevia toda a história, o factor surpresa é para mim fundamental.

Sem comentários: