«Através da violência pode matar um assassino, mas não o assassinato.

Através da violência pode matar um mentiroso, mas não a mentira.

Através da violência pode matar uma pessoa odiosa, mas não o ódio.

A ESCURIDÃO NÃO PODE EXTINGUIR A ESCURIDÃO. SÓ A LUZ O PODE FAZER.»

MARTIN LUTHER KING




segunda-feira, 26 de outubro de 2009

“O bosque seria muito triste se só cantassem os pássaros que cantam melhor.” (Tagore)

2 comentários:

Paula Raposo disse...

Claro que sim! Seria demasiado monótono...beijos.

G I L B E R T O disse...

Manuela

Rabindranath Tagore está entre meus poetas preferidos... abaixo, deixo-te uma poesia dele, para que aprecies!

Rabindranath tem de ser sorvido aos poucos, aos goles, com paciência... Um beijo minha amiga!

POEMA DE RABINDRÁNATAH TAGORE, indiano.

Na luz deste dia vazio de primavera, meu poeta, canta os dias que passam sem parar, que correm sorrindo e nunca olham para trás, que desabrocham numa hora de prazer impensado, e depois murcham num instante, sem qualquer pesar.

Não fiques aí sentado, em silêncio, desfiando o rosário das tuas lágrimas e sorrisos no passado. Não pares para colher as pétalas murchas das flores da noite que se foi. Não corras, procurando as coisas que escapam de ti, nem para deslindar o significado que não é claro. Deixa os buracos da tua vida onde eles se encontram. É assim que a música poderá emergir das profundezas.


Se quiseres e tiveres tempo, em nel mezzo del cammim, na seção outros autores, tem vários poemas dele lá... este ainda não postei, vou colocar logo...
Antes para voce, lógico!

Sempre grato pelo carinho de tua visita!